quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Tabeliã que negou licença de casamento a gays é libertada da prisão


Kim Davis ficou cinco dias na cadeia por conta da recusa e ganhou destaque na imprensa internacional

Nesta terça-feira (8) a tabeliã americana Kim Davis, que foi presa por se recusar a emitir certidões de casamento para homossexuais, foi liberada da prisão após decisão de um juiz distrital.
O juiz David Bunning ordenou a libertação da tabeliã, porém deixou claro que ela não deve interferir no trabalho de seus escrivães substitutos para emitir certidões a todos os casais elegíveis. Se ela tentar interferir, ela estará violando a ordem judicial e irá sofrer punições apropriadas.
Ao deixar a prisão, Davis foi recebida por 1.000 pessoas que simpatizaram com a sua decisão de preferir ir para a prisão do que emitir certidões para uniões entre pessoas do mesmo sexo. Os simpatizantes gritavam em seu apoio e a tabelião agradeceu a Deus por deixar a prisão. “Quero somente dar a Deus sua glória”, disse ela.
Seu advogado respondeu à imprensa que Kim Davis continuará seguindo sua consciência quando foi questionado a respeito da decisão judicial que ordena que ela aceite emitir licenças a casais gays.
“Ela vai ser leal a Deus e não vai violar sua consciência”, afirmou o advogado Mathew Staver que estava ao lado do pré-candidato presidencial do Partido Republicano Mike Huckabee.
Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...