domingo, 25 de outubro de 2015

“Bíblia dos pecadores” extremamente rara vai a leilão


Não é todos os dias que se encontra um exemplar da Bíblia que não só permite, como incentiva a prática do adultério. É um erro, claro. Mas torna rara esta versão.

Durante o século XVII, muitos leitores e falantes de inglês terão cometido adultério sem qualquer peso na consciência. Isto porque, em 1631, foi editada uma versão muito peculiar da Bíblia da qual constava uma omissão significativa. No sétimo mandamento, onde geralmente se lê “Não cometerás adultério”, lê-se nesta versão: “Cometerás adultério”. Uma das bíblias com esse erro vai agora a leilão. 
“Thou shalt commit adultery”, lê-se no verso 14.

Esta edição da Bíblia teve mil exemplares impressos até que se descobriu o erro, em 1632, altura em que se reeditou o livro sagrado dos cristãos já sem a permissão do adultério. Atualmente, só se conhecem dez cópias desta Bíblia, conhecida em Inglaterra como a Bíblia dos Pecadores ou a Bíblia Perversa.

O erro no texto trouxe dissabores aos homens responsáveis pela impressão, que foram chamados à presença do rei Carlos I para se explicar e foram multados em 300 libras (cerca de 417 euros, à conversão atual). Ainda em consequência do processo, grande parte dos exemplares foram destruídos.

A venda da Bíblia é promovida pela leiloeira Bonhams, que estabeleceu o preço de 10 mil libras (quase 14 mil euros) como base de licitação, devendo a transação realizar-se entre esse valor e as 15 mil libras. No mesmo leilão, serão vendidos ainda outros livros raros. 

Publicado em Observador via Notícias Cristãs

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...