sábado, 19 de março de 2016

Novos Céus e Nova Terra - Lições Bíblicas - 12 - EBD/CPAD - Subsídio Teológico


Por Eliseu Antonio Gomes

"Mas os céus e a terra de agora, pela mesma palavra, têm sido guardados para o fogo, sendo reservados para o dia do juízo e da perdição dos homens ímpios'(...) 'Virá, pois, como ladrão o dia do Senhor, no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se dissolverão, e a terra, e as obras que nela há, serão descobertas' (...) 'aguardando, e desejando ardentemente a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se dissolverão, e os elementos, ardendo, se fundirão? (...) 'Nós, porém, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e uma nova terra, nos quais habita a justiça" - 2 Pedro 3.7, 10, 12, 13.

O que é esse fogo? Deve ser um fogo atômico de uma bomba de hidrogênio? Não se permita ser enganado pelos cientistas. Não deixe que os seus conceitos e percepções espirituais sejam arrastados para um laboratório de pesquisas. Este fogo  impressionante, tem origem na mesma luz ofuscante que derrubou Saulo de Tarso no caminho de Damasco, nasce a partir da presença de Deus, o santo de Israel.

Os céus e os céus dos céus pertencem ao Todo-poderoso. "Eis que do Senhor teu Deus são o céu e o céu dos céus, a terra e tudo o que nela há" - Deuteronômio 10.14.

Quando a Bíblia fala de "céus", normalmente refere-se ao espaço sideral. No princípio, Ele criou "os céus", mas o céu já existia (Gênesis 2.1). Deus mandou Abraão olhar para "os céus" e contar as estrelas (Gênesis 15.5; 19.24). Há uma diferença entre "os céus", espaço sideral, e o céu, onde Deus habita, chamado de "os céus dos céus".

Satanás rodeia e passeia pela Terra. "Chegou outra vez o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor; e veio também Satanás entre eles apresentar-se perante o Senhor. Então o Senhor perguntou a Satanás: Donde vens? Respondeu Satanás ao Senhor, dizendo: De rodear a terra, e de passear por ela" -  Jó 2.1-2.

Os céus, ou o cosmos, serão renovados por causa da ação do Diabo. Desde que foi expulso do céu, ele não tem onde pousar. Nem tem a chave de sua morada (Apocalipse 1.18). Vive com seus anjos caídos, no espaço sideral, e tem predileção pelo planeta Terra, cenário de sua ação deliberada e maléfica contra Deus e contra o homem, sua "imagem e semelhança"; opera na esfera espiritual, em meio ao ambiente cósmico e entre os homens sem Deus (Efésios 2.1-2).

Assim sendo, Deus expurgará os efeitos da presença do Diabo e seus anjos caídos, purificará os céus e a terra. Este planeta será renovado para que receba a devida purificação dos efeitos da Queda de Adão. A purificação acontecerá com fogo.

O objetivo de Deus para as pessoas não é a destruição, mas uma nova criação. E Satanás será expulso do universo e seu destino final será o castigo eterno no inferno. Os ímpios serão banidos e juntos com Satanás serão lançados no lago de fogo (Isaías 66.22; Apocalipse 21-22; Mateus 25.41; Salmos 9.17)

As potestades do ar e as hostes malignas. "Ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência" - Efésios 2.1-2.

"O príncipe das potestades do ar" é Satanás, que significa "acusador". Na ressurreição, Cristo o venceu e venceu e venceu as forças espirituais do mal. Portanto, está acima de toda a maldade; e o inimigo de nossas almas age temporariamente sobre as pessoas que prefere obedecer-lhe quando satisfazem os desejos carnais.

O advento do pecado fez a Terra ficar doente e devastada pela ambição humana. A cada ano que passa, o meio ambiente é atingido pela poluição da sociedade. Existe o descontrole total do clima, as florestas são devastadas, o ar que respiramos torna-se mais poluído. A violência cresce nas cidades e nos campos, multiplica-se o número de vítimas de agressões, assaltos e assassinatos. As pessoas estão tomadas por angústias, solidão, medo, ansiedade e tristeza.

Aguardando novos Céus e nova Terra. "Nós, porém, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e uma nova terra, nos quais habita a justiça. Pelo que, amados, como estais aguardando estas coisas, procurai diligentemente que por ele sejais achados imaculados e irrepreensível em paz" - 2 Pedro 3.13-14. "E vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus, adereçada como uma noiva ataviada para o seu noivo" - Apocalipse 21.2.

A Nova Jerusalém está sendo preparada para os santos. Podemos aguardar pelo novo mundo de Deus, que criará novos céus e nova Terra outra vez.

A Nova Jerusalém será um lugar santo de comunhão e relacionamento com Deus, é onde Deus viverá entre o seu povo. (Apocalipse 21.3). Ao invés de subirmos para encontrá-lo, Ele descerá para estar conosco, exatamente como quando Deus se tornou homem, em Jesus Cristo, e viveu entre nós (João 1.14). Só entrarão na Nova Jerusalém os que têm o nome escrito no Livro da Vida.

Novos Céus e nova Terra aparecerão. No dia em que os filhos de Deus se manifestar com Cristo, a Terra será sarada, o ser humano, plenamente regenerado. Então, viveremos para sempre, de eternidade em eternidade, com o Senhor Criador dos Céus e da Terra. Onde quer que Deus reine existe paz, segurança e amor.

As portas dessa cidade terão os nomes dos apóstolos, representando os fundamentos da Igreja de Cristo. 

Conclusão

Não devemos nos acomodar com este mundo pelo motivo de Cristo ainda não ter voltado. Em vez disso, devemos viver na expectativa ansiosa da sua vinda. Não podemos nos esquecer que a Escritura Sagrada diz que somos peregrinos neste mundo, pois a nossa pátria é celestial. e um dia o que é celestial se instalará na realidade aqui na Terra.

E.A.G.
Fonte: Belverede
Bíblia com Anotações A. W. Tozer, página 1506, edição 2013, Rio de Janeiro (CPAD).
Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal, páginas 1646, 1778, 1831 , edição 2004, Rio de Janeiro (CPAD).
Ensinador Cristão, ano 17, nº 65, página 42, janeiro a março de 2016, Rio de Janeiro (CPAD).
O Final de Todas as Coisas - Esperança e glória para os salvos, Elinaldo Renovato, páginas 135, 136, 1ª edição 2015, Rio de Janeiro (CPAD). 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...