sábado, 2 de abril de 2016

Dilma pede a Edir Macedo que ajude barrar impeachment; Bispo recusa, mas promete oração


A presidente Dilma Rousseff (PT) teria procurado o bispo Edir Macedo para reconquistar a bancada do PRB – e seus votos – em sua tentativa de barrar o processo de impeachment.
Em uma ligação telefônica, a mandatária conversou com o empresário e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, pedindo ajuda para reverter a decisão do PRB – conhecido no meio político pela alcunha de “partido da Universal” – de abandonar a base governista.
Segundo informações da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, a iniciativa de Dilma foi infrutífera: “O bispo não embarcou na ideia, mas prometeu ‘orar por ela e pelo país’”.
Diante da resposta negativa, e da postura opositora de igrejas pentecostais – como parte da Assembleia de Deus -, Dilma apelou para outra denominação: a Igreja Católica. “Nesta quinta [ontem], Gilberto Carvalho foi acionado para interceder junto a parlamentares ligados à Igreja Católica”, informou a jornalista Natuza Nery, editora do Painel da Folha.
“Políticos experientes fazem o seguinte prognóstico: o destino de Dilma Rousseff deve ser decidido apenas nos dias imediatamente anteriores à votação”, acrescentou Nery.
O governo estaria preocupado com o número de votos necessários para impedir que o processo contra Dilma avance, pois são necessários 172, e só há garantia de 97, por enquanto, segundo informações da colunista Mônica Bergamo, da rádio Band News FM.

Pastor deixa o Ministério do Esporte

George Hilton (PROS-MG), pastor licenciado da Igreja Universal, deixou o cargo de ministro do Esporte na última quarta-feira, 30 de março.
De acordo com informações do Jornal Nacional, da TV Globo, “ele tinha trocado o PRB pelo PROS para tentar se manter no cargo, quando o ex-partido dele abandonou o governo. No lugar de Hilton assume interinamente Ricardo Leyser, que é do PCdoB”.
Fonte: Gospelmais

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...