quinta-feira, 2 de junho de 2016

Justiça indefere suspensão de execução contra CGADB e valor já chega a R$ 10,8 milhões


Conforme noticiamos aqui, a CGADB - Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, foi executada para o pagamento de uma multa de R$ 9.000.000,00 (nove milhões de reis), por descumprimento a uma determinação judicial, cujo ação judicial foi ajuizada pelo Pastor Samuel Câmara.

A CGADB, através da sua Diretoria, passados 30 dias, interpôs um Agravo de Instrumento com efeito suspensivo da decisão, o que foi negado pela justiça, sendo que, caso não haja qualquer acordo entre as partes, o valor da multa já beira a casa dos R$ 11.000.000,00 (onze milhões de reais).

Saiba mais sôbre os detalhes clicando aqui: JM Notícias

MEU COMENTÁRIO:

Primeiro lamento, depois reitero o que antes já disse no post anterior; continuo orando e intercedendo a Deus que para o bem de todos, pelo bom testemunho do evangelho, bem como para a glória de Jesus Cristo, nossos líderes cheguem a um denominador comum.
Antes tarde do que nunca!

Com todo respeito a ambas as partes, porque antes de tudo somos todos irmãos em Cristo e ministros de uma mesma igreja, com muito temor e tremor, mas é o que penso.

Vosso conservo nEle,

2 comentários:

Izaldil Tavares de Castro disse...

Tristeza por ver a intransigência de ambos os lados.

PB. João Eduardo Silva disse...

Nossos"líderes" ensinam o povo uma coisa que eles mesmo não vivem!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...