sexta-feira, 26 de agosto de 2016

"100% Jesus": Comitê Olímpico protesta contra faixa de Neymar Jr.


Ao longo dos Jogos Olímpicos Rio 2016, vários atletas cristãos agradeceram a Deus pelas conquistas de suas medalhas. Contudo, o jogador Neymar foi o único que subiu ao pódio com uma inegável referência religiosa. Quando recebeu a medalha de ouro na noite do último sábado (20), no Maracanã, ele usava uma faixa na cabeça com os dizeres “100% Jesus”. As imagens, bem como a transmissão do jogo, foram vistas mundialmente.
O fato chamou atenção da imprensa, uma vez que a cobertura dos jogos é gerada pela rede oficial das Olimpíadas e, devido a popularidade do esporte, teve grande audiência em todo o mundo.
Porém, o Comitê Olímpico Internacional (COI) tem regras que proíbem qualquer “sinal político, comercial ou religioso” durante a cerimônia de medalhas nos Jogos Olímpicos. Por isso, os dirigentes da entidade tiveram uma reunião na manhã deste domingo (21), onde classificaram a manifestação religiosa de “um deslize” do jogador e de seus superiores. Embora o jogador pudesse ser passível de punição, a decisão foi fazer “vista grossa” para não estragar a imagem da entidade e dos Jogos.
Em diversas nações muçulmanas é proibido que o nome de Jesus seja exibido publicamente. Por ser uma transmissão ao vivo, não foi possível ignorar a imagem nem deixar de mostrar o jogador mais conhecido da seleção brasileira. Sem contar que sua atuação no time do Barcelona lhe conferiram status de ídolo mundial do esporte, uma vez que está em várias listas de melhores do planeta.
Segundo o ‘Estado de São Paulo’, o diretor-executivo do COI Christoph Dubi, a entidade enviará uma carta à delegação brasileira, anunciando um protesto oficial pelo ocorrido e relembrando os dirigentes que tais procedimentos não são aceitáveis.
Vários jogadores deram glórias a Deus após a conquista do ouro, mas foram manifestações pessoais, fora do pódio. Uma das que mais chamou atenção foi a do goleiro Weverton, que defendeu o pênalti decisivo para o título inédito.
Fonte: Gospel Prime via Verdade Gospel

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...