sábado, 13 de agosto de 2016

Malafaia critica divulgação da conversão de Eike Batista ao Evangelho: “Divulgar não é inteligente”


A divulgação da conversão do empresário Eike Batista através de fotos e vídeos nas redes sociais foi um erro, na opinião do pastor Silas Malafaia.
O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) ficou sabendo da conversão de Eike pela internet, e considerou que a exposição funcionava como uma “antipropaganda”.
"Acho que isso expõe as pessoas e não contribui para a igreja evangélica", disse Malafaia, de acordo com informações do site da revista Veja.
Para Malafaia, a discrição é algo muito importante, que precisa ser usada com mais frequência no meio evangélico: “Ir à igreja é uma coisa muito reservada, e divulgar não é inteligente. Eu já recebi pessoas públicas, ilustres, na minha igreja – jogadores de futebol de alto nível, de seleção, artistas globais, mas eu não exponho. Não acho que contribui em algo”, comentou.
O pastor afirmou que conhece há anos o trabalho desenvolvido pelo pastor Daniel Silva, líder da congregação onde Eike se entregou a Jesus, e o elogiou, destacando seu empenho a ajudar quem procura a igreja “angustiado, depressivo, precisando de socorro”.
A assessoria de imprensa do empresário confirmou a presença de Eike Batista no culto, mas afirmou à Veja que não comentaria o episódio por considerar o assunto uma questão pessoal, “de foro íntimo”.
A CONVERSÃO
Figura controversa, afeita a extravagâncias e sempre nas manchetes de jornais, seja pela fortuna arrebanhada com empresas de exploração de minérios e petróleo, ou pela falência das mesmas empresas, o empresário Eike Batista foi ao culto a convite de um funcionário.
Na ocasião, ele foi filmado atendendo ao apelo em um culto na Assembleia de Deus de Rocha Miranda, subúrbio do Rio de Janeiro, e instantaneamente o episódio virou assunto em sites diversos, desde portais cristãos a páginas voltadas a economia e política.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...