sábado, 3 de setembro de 2016

Mulher que viveu possuída por demônios nos últimos 4 anos se entrega a Jesus e é liberta


Por Tiago Chagas
Presa a uma vida de idolatria, uma mulher indiana tornou-se um habitáculo de espíritos malignos por quatro anos, vagando pelas selvas do país. Sua vida foi mudada depois que um missionário a encontrou, compartilhou o Evangelho e a ganhou para Cristo.
A família dessa mulher já havia desistido de tentar mantê-la por perto, quando soube da mensagem pregada pelo missionário e resolveu buscá-la para que ouvisse o que ele tinha a dizer, segundo informações do agência Christian Aid Mission.
“Eu tinha uma vida mundana e adorava os deuses e deusas do meu país. Eu estava possuída por espíritos malignos e, como resultado, minha mente foi afetada e eu passei a vagar pelas selvas”, resumiu a mulher.
O encontro entre ela e o missionário aconteceu na tribo Bhuiya, no estado de Jharkhand, quando ele pôde apresentar o Evangelho a toda a família. A nova convertida revela que ao aceitar Cristo como seu Salvador, foi liberta: “Depois de aceitar Jesus, o missionário orou por mim e, imediatamente, o Senhor me livrou das garras dos maus espíritos e me curou da insanidade”, testemunhou.
“Agora eu estou absolutamente normal e tenho o Senhor Jesus Cristo como meu Senhor e Salvador. Agora toda a minha família pertence à família de Deus. Louvado seja o Senhor!”, celebrou.

Campo

A tribo Bhuiya é um local onde a maioria pratica o hinduísmo e/ou o animismo, tendo como deuses o Sol e a Terra, assim como os espíritos ancestrais. Menos de 1% crê em Jesus Cristo como Filho de Deus e Salvador.
Em uma ação evangelística que durou de fevereiro a abril, missionários da Christian Aid compartilharam o Evangelho com 2.800 pessoas em 35 aldeias espalhadas por todo o país. Como resultado, 1.160 pessoas aceitaram a Jesus, 391 foram batizados e 12 congregações foram plantadas.
“O Senhor também está fazendo grande e maravilhosa obra na vida daqueles que acreditam em Jesus Cristo”, disse o diretor do Christian Aid Mission na Índia, que teve sua identidade mantida em sigilo por questões de segurança.
Esse resultado é visto como uma vitória maciça, pois na Índia existe forte perseguição religiosa a cristãos. O país é o 17º mais perigoso para ser um seguidor de Jesus, de acordo com a Missão Portas Abertas.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...