quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Metaleiro Nando Moura conta porque deixou de ser ateu: "Cristo me fez ser cristão"



Nando conta que não teve fé suficiente para ser ateu. “Ser ateu, é acreditar que você veio do nada para o nada, sem propósito absolutamente nenhum”, comenta.

Em meio aos diversos vídeos sobre música, o metaleiro Nando Moura ficou famoso no YouTube por seus comentários sobre política, filosofia e acontecimentos cotidianos. Em uma de suas últimas publicações, ele resolveu falar sobre um assunto polêmico entre os diversos públicos da internet: o ateísmo.


Nando conta que já foi uma pessoa descrente, mas que não teve fé suficiente para ser ateu. “Ser ateu é acreditar que todas as leis da física, todas as leis da natureza, a realidade que te cerca e toda ordem observável é resultado da aleatoriedade”, disse ele em vídeo publicado no dia 28 de setembro.

“Ser ateu, é acreditar que você veio do nada para o nada, sem propósito absolutamente nenhum. Viver com este tipo de visão a respeito do mundo leva unicamente à loucura, como levou Nietzsche”, analisa. “A única coisa que você pode fazer é fingir que a sua vida tem um propósito e que você está alcançando alguma coisa, quando na verdade todas as coisas são aleatórias e levam ao nada”.

Ele conta que chegou a essa conclusão quando passou a estudar — embora afirme que isso não tenha relação com a Bíblia ou com a religião. “Tem a ver com observar o mundo que te cerca e entender que você tem algum propósito. Você se torna cristão quando você se sente desafiado por Cristo a ver o quanto ele foi importante para a humanidade e é importante para aqueles que tem Ele dentro do coração”, afirma.

“Quando você vê uma pessoa que se torna ateu, ela deixou de acreditar porque ficou decepcionada com alguma pessoa, com algum tipo de posicionamento ou amargurada com a própria vida. Ver uma pessoa como o supra sumo daquilo que você deve seguir só te levará à destruição”, observa.

“Observando a vida de Cristo nós vemos algo único. Cristo me fez ser cristão. Para além da religião, vamos ver que o que motivou Jesus a ser escarnecido, torturado e morto da forma que foi, faz com que você perceba o quão cruel é o coração dos homens”, afirma Nando.

“Eu como, ser humano, sou fraco, sou covarde, quebro. É Cristo dentro de mim que me faz forte. O propósito que Cristo me deu, eu talvez nunca seja digno dele”, acrescenta.


Assista ao vídeo completo:


Um comentário:

Pb. José Roberto da Rocha disse...

Disse o néscio no seu coração, não há Deus... Salmos 53:1a

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...