sábado, 3 de dezembro de 2016

O descompromisso da bancada evangélica com Deus, com o país e com a igreja.

Da esquerda para a direita Deputados Sóstenes Cavalcante, Paulo Freire, Silas Câmara, Gilberto Nascimento, Takayama e Irmão Lázaro que votaram "SIM" quanto a lei de abuso de autoridade, tal qual implica na atuação da operação lava-jato.

É com muita consternação, mas seguindo um sentimento de sinceridade e transparência, que preciso mais uma vez evidenciar o descompromisso da bancada evangélica federal com Deus, o Brasil e a igreja. 

Sal que não salga, luz que não ilumina, detentores da verdade eterna que seguem exercendo de maneira dúbia o exercício de seus mandatos, assim é o perfil dos que dizem estar lá para nos representar. Já esqueceram o conselho que um dia um homem segundo o coração de Deus, brilhante estadista, registrou (Salmo 119:11). Talvez tenham deixado no gabinete ou debaixo do púlpito de suas igrejas, qualquer maneira não levam dentro do coração a palavra do Senhor quando presentes no plenário.

Continue lendo no Blog do Murillo Vinagre

14 comentários:

Laudinei disse...

Eles fazem em Brasilia o que aprenderam em suas igrejas... Triste. Pior é que tem irmãos que votam nesta cabada achando que a Igreja precisa de representantes.

klebersantos disse...

A paz do senhor!!
Estamos vivendo uma dos períodos politicos mais delicados da historia.

O descredito com a politica nacional é extremamente difícil e dolorosa, quando vemos politicos dando um mau exemplo para sociedade, e para seu estado que o elegeu...

Precisamos estar muito atento a todas essas coisas que estão acontecendo no senario nacional, tanto politico, quanto na igreja do Brasil em especial.

Que Deus tenha misericordia da sua igreja no Brasil.

Assembléia de Deus disse...

só não podemos generalizar, afirmando que foram todos os evangélicos que votaram, cabe analisar direito.

Fernando de Campos Pinheiro disse...

A paz do Senhor irmaos. Eu acredito que e importante tambem ouvir os irmaos que votaram a favor desta lei. Ouvir o seu ponto de vista. Nao adianta so repetirmos chavões. No pagina do pastor Takayama ele comenta sobre isso e o pastor Freire tambem. E a maior arma da igreja contra a corrupção se chama oração. Nao estou aqui defendendo A ou B , mas creio que precisamos ser equilibrados.

Andreia Pinheiro Pinheiro disse...

O seu vinagre, nunca ouvi falar de vc, não sei qual o seu interesse em querer difamar os irmãos dizendo que eles são descompromissados com Deus. Eu creio que vc não é juiz pra julgar a fé e até mesmo a comunhão de cada um, ou é?. Uma fonte não pode jorrar dois tipos de água, ou vc é água limpa ou é suja. Outra coisa, pra mim é essencial deputados e senadores cristãos, pelo fato de muitas leis que estão para serem aprovadas, leis estas que difamam a família e que querem distorcer aquilo que Deus criara, acho que ninguém melhor que vc para saber disso. Agora,se eles votaram (SIM), não quer dizer que esqueceram a palavra de Deus debaixo do gabinete ou no púlpito de suas igrejas. Vc sabe comofunciona a politica no Brasil, e aposto que vc faria o mesmo. Acho que está na hora de vc rever seus conceitos como cristão que se diz ser.

Evangélico sp crente até o capeta é disse...

99,9% envolvidos em coisas q não condiz com o comportamento correto para com.os seus eleitores, piora ainda mais por ser evangélicos serem luz e sal da terra. Eram.para ser exemplos a ser seguido por muito, mais so lutam.pelos interesse próprio o estantes vai chorar para o.pastor da sua igreja assim eles pensam. InfezInfelizmente todos corrompidos q Deus possa ter misericórdia deles é de nós. Bolsonaro 2018

COUNTERTOPS GRANITE disse...

Penso que eles entao defendendo Seus intereses pessoais. Tremenda hipocricia quanto chegas as eleicoes ocupam pulpitos das igrejas para falar e fazer promessas de engano e alguns deles com nome de pastor.
Sao sinicos!!

Gabriel Silva disse...

Leia o projeto que estava, e leia como foi votado. Falar dos Políticos cristãos que em sua maioria votaram pela reforma e alterações é fácil. Quero ver ler o projetor que foi votado em seu teor final e apontar incoerências.
Precisamos parar de acreditar em manchetes de internet e também da mídia em geral.

O projeto do jeito que foi aprovado garantiu direitos para todos os brasileiros e cidadãos comuns.
Agora será que esses que estão escrachando os deputados são favoráveis ao abuso de autoridade?? Ao fim da presunção de inocência?? Ao flagrante preparado??

Nós como cristãos temos mania de criticar sem se informar ou ler. Não podemos ser massa de manobra.

Esses deputados que colocam na foto pra escrachar já fizeram e fazem muito pela igreja, são cristãos e têm compromisso com a igreja. Será muita insipiência e injustiça condená-los.

Volto a falar, leiam a Lei e não o que a mídia ou o judiciário através de contenda e demagogia quer passar. São em sua maioria deputados experientes que não cairiam em armadilhas e nem votariam por pressão.

Que Deus abençoe todos nós e que tenhamos sabedoria para não agir como o mundo.
Deus Abençoe nossos representantes no Congresso Nacional.

Murillo Vinagre disse...

Andreia, paz.

Não estou difamando, estou constatando. Relatei a atitude dos deputados e levantei questões sobre as suas respectivas motivações. Embora as tenha em mente, não as afirmei em momento algum.

Para mim, diferente do que você pensa, é essencial a presença de deputados comprometidos com o povo e honestos, a religião pouco importa (até porque o Brasil é, em maioria, Cristão, os congressistas católicos defendem as mesmas coisas que os evangélicos).

É este seu pensamento ultrapassado, permissivo e escravizado de "..você sabe como funciona a política no Brasil.." que dificulta a mudança, mas venceremos!

Não afirmo que sei como funciona, mas realmente imagino, e sigo lutando para ser diferente.

NÃO, definitivamente NÃO. Eu NÃO faria o mesmo, sob pena de exclusão do partido caso fosse questão fechada, optaria pelo povo.

Murillo Vinagre disse...

Gabriel, paz.

Li o que foi proposto e o que foi aprovado. Como mencionado em meu texto, não aquiesço com as propostas do MP em sua integralidade, existem alguns absurdos. Por outro lado, a desconfiguração total do projeto, principalmente no que toca a inserção da emenda de abuso de autoridade, justamente em um projeto proposto pelos procurados, evidencia a ousada ação de intimidação dos deputados.

Nossos representantes estavam lá, participaram disso e sabiam exatamente (melhor do que nós) o que estavam fazendo, embora possuidores de tanto prestígio, a partir de hoje, merecem nossa suspeita e atenção.

Anônimo disse...

A Paz do Senhor e uma boa tarde à todos!!! Só quero dizer uma coisa, sem julgar: Quem é santo santifique mais ainda, quem é sujo suje mais ainda. Que Deus nos abençoe.

Edson Queiroz disse...

Concordo plenamente com o Sr
Murilo vinagre, vc está sendo conivente com o erro, a palavra diz:sim sim não não, "não tem meio termo" o que passar disso é procedência maligna, eles estão dando espaço para o inimigo, e o pio, contra toda uma nação.

UM PROJETO PARA O FUTURO disse...

Pior que o ano que vem, vem eleição, e vem esse bando de vendidos se fazer de santos, e enganar até os escolhidos, e sabemos que cada pastor que fazer da sua igreja um curral eleitoral serão cúmplices da corrupção futura, infelizmente nossas igrejas já sofrem a profanação politica.

UM PROJETO PARA O FUTURO disse...

? protegeram Dep Marcos Feliciano?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...