quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Marco Feliciano, Takayama e maioria dos evangélicos votam a favor de Temer


Bancada evangélica mostrou-se base do governo


A votação pelo arquivamento da denúncia contra o presidente da República Michel Temer saiu com vitória para os que defendiam o fim do processo. O presidente da Bancada Evangélica, Takayama (PSC-PR), e o vice-presidente Victório Galli também.
Além dos dois representantes, nomes notáveis como o pastor Marco Feliciano (PSC-SP) e João Campos (PRB-GO) foram favoráveis ao presidente e contra as denúncias de corrupção que surgiram em proposta de possível impeachment.
Além deles, que sustentaram os 263 votos a favor, endossaram Silas Câmara (PRB-AM), Marcelo Aguiar (DEM-SP), Paulo Freire (PR-SP), Ezequiel Teixeira (PODE-RJ), Rosangela Gomes (PRB-RJ) e Luciano Braga (PRB-BA).
Ao mesmo tempo que a maioria foi favorável, também teve casos contra. Entre eles, o empresário Arolde de Oliveira (PSC-RJ), o cantor e compositor Lázaro (PSC-BA), Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e seu pai Jair Bolsonaro (PSC-RJ).
O deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) também foi contrário e afirmou: “Respeito o voto de todos meus colegas, entretanto desde o início do mandato eu assinei todas as CPIs, sejam da oposição ou do governo, pelo princípio que tudo no Brasil deve ser investigado para livrarmos o Brasil da corrupção! É um princípio da vida cristã, apoiar a investigação e o combate à corrupção de todos, ninguém está acima da lei.”
Cabo Daciolo (PTdoB-RJ), outro que foi contra, chegou a realizar seu voto com uma Bíblia na mão. “Do que adianta o homem ganhar o mundo todo e perder sua alma? Por todo o povo brasileiro, pela democracia no nosso país, por novas eleições gerais”, disse.
Em seguida, completou: “Eu quero falar pros parlamentares que a quadrilha que está instalada no Congresso Nacional, eu quero dizer a eles: Intervenção federal já”, afirmou.
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), optou por não votar na sessão, que alcançou somente duas abstenções. Além dos 227 votos pelo “não”, houveram 19 ausências na votação.
De acordo com o Estadão, a maior parte da bancada votaria a favor de Temer em troca de apoios em alguns projetos, como o Estatuto do Nascituro, que prevê sanções mais duras à prática de aborto no Brasil.
Além disso, os deputados querem apoio na proibição do uso de livros que tratem de temas relacionados a gênero e sexualidade, bem como assuntos relativos aos grupos LGBT.
Fonte: Gospel Prime

3 comentários:

Pb. José Roberto da Rocha disse...

estamos vivendo uma inversão de valores muito grande, onde um palhaço( Tiririca )é mais ético e verdadeiro do que pastores,não é mesmo Feliciano,Paulo freire e cia.? Será que a "crentalha" ainda votará nesta gente? Uma coisa eu sei cidadão do bem e crente fiel,jamais!

Laudinei- NEI disse...

O termo "evangélica" para esta bancada não condiz com ela. Pelo menos se o termo tem a ver com o evangelho de Jesus. Corrupto apoia corrupto, pior corrupto apoia corrupto em troca de algo. Esta cambada não representa os verdadeiros seguidores de Jesus. Pena que o coronéis das igreja s continuarão manipulando o gado, digo rebanho e estes políticos safados continuarão tendo votos em nome de "Deus".

WESLEI ROCHA disse...

E pensar que o Takayama foi um grande pregador do evangelho! Trocou um profícuo ministério pela nefasta política brasileira. Feliciano, não foi nenhuma surpresa. Estes "pastores" políticos, com raras exceções, envergonham o evangelho. Atitudes lamentáveis. No momento em que o Silas Câmara votou em favor da corrupção, deu-me vontade de chorar quando pude ouvir parlamentares pró Temer vociferando "viva a Assembleia de Deus". Decepção total, também, quando o "pastor" João Campos, do meu estado, Delegado de Polícia, votou pelo fim das investigações, com uma desculpa totalmente leviana para um cristão. A mensagem do profeta Amós pra esta gente é que eles são cúmplices dos desvios de verbas públicas para compra de votos de parlamentares, das emendas imorais que beneficiaram seus partidos, do toma lá dá cá, ou seja, as suas mãos estão sujas com o sangue daqueles que perderam e perderão a vida por falta de investimentos em saúde e segurança pública.
Amós 2:6 - Assim diz o Senhor: Por três transgressões de Israel, e por quatro, não retirarei o castigo, porque vendem o justo por dinheiro, e o necessitado por um par de sapatos.
Amós 5:7 - Vós que converteis o juízo em alosna, e deitais por terra a justiça.
Amós 5:24 - Corra, porém, o juízo como as águas, e a justiça como o ribeiro impetuoso.
Amós 8:4-6 - Ouvi isto, vós que anelais o abatimento do necessitado; e destruís os miseráveis da terra, Dizendo: Quando passará a lua nova, para vendermos o grão, e o sábado, para abrirmos os celeiros de trigo, diminuindo o efa, e aumentando o siclo, e procedendo dolosamente com balanças enganosas, Para comprarmos os pobres por dinheiro, e os necessitados por um par de sapatos, e para vendermos o refugo do trigo?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...