segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Lava Jato é recado para corrupção na igreja brasileira, alerta missionário


Dwayne Roberts, da FHOP, diz ter esperança que nova geração de crente verá Deus cumprir seus propósitos no país

O missionário canadense Dwayne Roberts e sua esposa Jennifer foram missionários na Europa por quase uma década. Posteriormente, tornaram-se membros-fundadores do conhecido ministério de oração IHOP – International House of Prayer (Casa Internacional de Oração) – em Kansas City, EUA.
Durante quase 14 anos eles trabalharam ali na formação de um ministério que se propõe a louvar e interceder pelas nações durante 24 horas por dia.
Contudo, em 2013, eles sentiram o direcionamento de Deus para estabelecer o mesmo tipo de ministério no Brasil, mais especificamente em Florianópolis. Desde então eles vieram com os filhos para trabalhar no país, onde estabeleceram não apenas uma "casa de oração", mas também uma igreja.
Ali funciona ainda uma base missionária, que se propõe a preparar e enviar os "guerreiros de oraçãoatravés do curso Fascinação.
Além disso, eles promovem anualmente o OneThing, conferência que visa o despertamento da igreja para a necessidade de maior envolvimento com a oração. O nome, que significa literalmente "Uma Coisa" é o título homônimo do livro de Dwayne sobre a oração como ministério.
O portal Gospel Prime conversou com Dwayne no escritório da FHOP, abreviatura da igreja-missão, que segue o padrão do original. Na Casa de Oração de Florianópolis estão envolvidos atualmente dezenas de missionários intercessores, incluindo cantores, músicos e aqueles que trabalham na manutenção do local.
"Queremos impactar a nossa cidade pelo poder da oração e sermos uma inspiração e encorajamento para a Igreja do Brasil", explica.
Lembrando sobre seu chamado para o país onde hoje mora, enfatiza sua crença que o Brasil é destinado a ser um lugar de liderança no mundo: "Desejamos ver as promessas de Deus sobre esta nação se cumprirem".
Como estrangeiro, ele vê as mudanças ocorrendo no país com interesse, mas aponta que, conforme admoesta o apóstolo Pedro [1 Pe 4:17-18], "o julgamento começa na Casa de Deus".
Por isso, entende que toda essa situação no país é um alerta para as lideranças espirituais, de que dentro desse mover divino, muitas coisas que estavam escondidas serão reveladas e tratadas.
"Deus não está olhando só para a corrupção política no país, mas está limpando a corrupção que existe na Igreja. O Senhor deseja que o primeiro mandamento realmente seja vivido pela Igreja brasileira", assevera.
Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...