terça-feira, 26 de setembro de 2017

Câmara de Jundiaí repudia peça com Jesus transgênero

A moção recebeu apoio de todos os vereadores da Câmara de Jundiaí

A Câmara de Jundiaí aprovou uma moção de repúdio contra o SESC Jundiaí, que iria abrigar, no último dia 15, uma apresentação da peça "O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu", que retrata Jesus Cristo como uma mulher transgênero.
A encenação foi suspensa em razão de liminar do juiz Luiz Antônio de Campos Junior, conforme noticiado em primeira mão pelo Gospel Prime.
A moção do vereador católico Douglas Medeiros, que recebeu grande apoio dos demais vereadores, enfatizou o caráter desrespeitador, vulgar e desagregador da referida peça, lembrando que a liberdade religiosa é protegida pela Constituição.
"Importante observar que a Constituição Federal (artigo 5º, VL, d) prevê o direito à liberdade religiosa, e o Código Penal (artigo 208) define os parâmetros de liberdade no tratamento desse tema", diz o texto da moção.
Medeiros destacou ainda que a população de Jundiaí se sentiu agredida e desrespeitada em seus valores mais sagrados e que a peça, supostamente concebida para promover o diálogo, não fez outra coisa senão provocar a divisão.
"O monólogo distorce a visão histórica, teológica e ética cristã, usurpa o Evangelho, proveniente da Bíblia, objeto de culto e parte integrante da liturgia da religião cristã e usa a pessoa de Jesus Cristo para deturpar suas características,  desrespeitando, dessa forma, os cidadãos que professam a fé em Jesus Cristo, que se sentiram ofendidos, tanto que inúmeras manifestações da comunidade cristã repudiaram veementemente tal apresentação", destacou.
A moção recebeu apoio de todos os vereadores da Câmara de Jundiaí e será destinada aos organizadores do evento, do Sesc Jundiaí.
Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...