quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Perlla chama críticos de “crentelhos” e “recalcados”



“Não misturo mais a minha fé com o meu trabalho. Esse foi o meu maior problema”, argumentou a cantora Perlla

A cantora e compositora Perlla decidiu responder perguntas de fãs por meio de um vídeo publicado em seu canal no YouTube. No formato de perguntas e respostas, a artista rebateu críticas pelo fato de ter abandonado a carreira no segmento evangélico e ter retornado ao funk.
Ela afirmou que a maioria dos críticos são "recalcadas e crentelhos". No entanto, a artista justificou sua concepção de "crentelhos", um grupo de pessoas que, em sua visão, não são realmente cristãs.
"Infelizmente, existem pessoas cristãs, que seguem a Jesus, que realmente vivem a palavra e outros que são crentelhos, que não têm o que fazer e ficam nas redes sociais querendo se meter na vida alheia das pessoas", criticou.
"Então, eu tenho só uma coisa para dizer com relação às pessoas que têm preconceito com relação à minha vida: A minha vida não vai mudar porque você pensa em algo diferente de mim", desabafou.
Perlla disse que não cairá no que as pessoas falam. "Eu segui o meu coração, tenho o meu trabalho e dane-se o preconceito. Que vá à (*****) você que pensa qualquer coisa ao meu respeito ao contrário do que realmente eu sou".
A intérprete, novamente, disse que a decisão foi feita com apoio do pastor de sua igreja e dos seus familiares. "Não misturo mais a minha fé com o meu trabalho. Esse foi o meu maior problema: ter misturado", refletiu.
"Voltar ao funk foi uma decisão muito sensata e precisa, foi de acordo com o meu marido, minha família, as minhas filhas ficaram a par. Meus pais me apoiaram. Minha mãe, que é uma pessoa extremamente religiosa, me entendeu. Então, estou bem em paz".
"Estou pouco me lixando com o que essas pessoas que estão falando de mim estão achando. O meu pastor também é uma pessoa que me acompanha e, graças a Deus, ele e a minha igreja me entendem", contou Perlla.
Ela acredita que a maioria dos cristãos são preconceituosos. "Eu estou sofrendo esse preconceito muito grande de que aquilo que você faz paralelo ao mercado gospel é do diabo. Eu nunca traí o meu marido, sou mulher de homem só. Não bebo, não fumo, não cheiro, já começa por aí…", finalizou.

Fonte: Gospel Prime

MEU COMENTÁRIO:

Lamentável a situação da cantora em apreço na notícia. Ainda que não conheçamos o seu coração, somente o seu linguajar e o tipo de desabafo, por sí só já manifesta o que está por dentro.

Quando diz que se guiou pelo seu coração, seria melhor que tivesse se guiado pela Palavra de Deus, afinal a Bíblia nos ensina que "enganoso é o coração do homem". Outrossim, a Bíblia também diz que "de uma mesma fonte não se jorra água doce e salgada".

Como se não bastasse o fato em si de, na condição de uma "adoradora", passar a conciliar a música profana com a gospel, sua atitude agora acaba de piorar sua imagem.

Quem ministra, e o faz gravando suas músicas, não o faz exclusivamente para Deus, mas para edificar vidas e, nesse caso é necessário que seja "exemplo dos fiéis".

Se é que foi algum dia, deixou de ser e os fiéis com razão se escandalizaram.

Simples assim...
Assista aqui:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...