terça-feira, 24 de outubro de 2017

Globo rebate críticas com ironia e veicula vídeo dizendo ter audiência de 100 milhões: ‘Uns gostam, outros não’


A TV Globo, historicamente, não responde diretamente às críticas que sofre. Recentemente, a emissora foi alvo de um protesto gigantesco nas redes sociais, com a hashtag #GloboLixo, por causa de sua militância pró-ideologia de gênero e exposições de arte com promoção, indireta, da pedofilia. Em um novo vídeo institucional, o canal ironizou as críticas sofridas.

No último domingo, 22 de outubro, a emissora veiculou no intervalo do Fantástico um vídeo em que diz ter ciência de que, dos 100 milhões de espectadores diários, “uns gostam” do que ela promove, “outros dizem que não”.

A narração, feita pela atriz Eliane Giardini, diz: “Todo o Brasil assiste a Globo. São mais de 100 milhões todos os dias. Mas, a gente sabe que não fala com esse tal de ‘100 milhões’, a gente fala com 100 milhões de uns. Uns diferentes dos outros. Uns se emocionam, uns se informam, uns gostam da gente, uns dizem que não, e a gente se movimenta para conquistar cada um”.

A decisão de veicular o material de promoção institucional no intervalo do Fantástico é simbólica: foi neste programa, semanas atrás, que a emissora entrou no radar da audiência e se tornou alvo de uma matéria contundentemente crítica da principal concorrente, Record TV.
A má-vontade do público conservador com a Globo, por enquanto, não se transformou em um boicote generalizado, mesmo com a abordagem da ideologia de gênero sendo a principal bandeira da recém finalizada novela A Força do Querer, de Glória Perez, conhecida crítica dos evangélicos.

Fonte: Gospel+

Assista aqui ao vídeo em que a Globo ironiza críticas:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...