terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

“Deus está nos pedindo para proteger os valores da família”, diz premiado ator de Hollywood

Jon Voight participa do filme pró-vida “Roe v. Wade”, que abriu as portas para o aborto nos Estados Unidos.


O ator Jon Voight, vencedor do Oscar e protagonista no filme pró-vida "Roe v. Wade", falou que Deus está pedindo aos cristãos que protejam os valores da família nesses tempos. Pai da atriz Angelina Jolie, Voight fez a declaração ao participar do "Movieguide Awards 2019", no início de fevereiro.

A declaração do ator vem na esteira da permissão ao aborto até o nono mês, procedimento recém-aprovado no estado de Nova Iorque.

"A família é tão importante e a família está sendo atacada por pessoas que estão realmente tentando derrubar a estrutura da nossa sociedade; isso é verdade", disse Voight ao The Christian Post no tapete vermelho da premiação.

"Não quero entrar em qualquer tipo de conspiração, mas está realmente acontecendo, então temos que proteger os valores de nosso país e os valores da família e guiar as vidas focadas, temos que proteger esse aspecto" declarou.

As declarações de Voight estão relacionadas à história do caso "Roe v. Wade", que dá nome ao filme. O caso se tornou famoso por ter aberto as portas para a legalização do aborto nos Estados Unidos, nos anos 1970.

Sob a alegação de Norma L. McCorvey ("Jane Roe") de que havia sido violentada e deveria ter direito a abortar, após julgamentos em diversas instâncias, o caso chegou à Suprema Corte americana, que decidiu, pela primeira vez na história, que uma mulher tinha direito a abortar por ser sua escolha.

O caso tornou-se polêmico e um embate entre os que acreditam que a mulher pode escolher interromper sua gravidez e pelos pró-vida, aqueles que acreditam que a criança tem o direito de nascer. Apesar da decisão favorável, ela não saiu a tempo para que Jane conseguisse abortar. Assim que deu à luz, Jane entregou sua filha para adoção.

Em 1987, Jane Roe admitiu que havia mentido sobre a violação sofrida e sua advogada disse que, embora não tenha sido totalmente ética, acreditava ter boas razões para usar as falsas alegações de estupro para assim defender o aborto.

"Roe v. Wade" está em fase de pós-produção e programado para ser lançado no outono nos cinemas americanos. O filme pró-vida é oportuno, uma vez que o debate sobre o aborto tardio reacendeu nas últimas semanas após a nova lei de Nova Iorque permitindo o aborto até o nascimento e a introdução de projetos semelhantes na Virgínia, Vermont e Novo México.

Valores bíblicos

Vencedor do Globo de Ouro como melhor ator coadjuvante pelo filme Ray Donavan, Voight acredita que a mensagem no filme agora permitirá que as pessoas tenham um diálogo informado sobre o controverso debate em relação ao aborto.

"Imagine Deus nos pedindo para ajudá-lo. Você pode imaginar? Essa é a melhor coisa!", Voight disse.

Voight cita o Velho Testamento para construir seu argumento. "Quem vai por mim", diz Deus a Isaías, e ele responde "envie-me".

"Não há dúvida de que isso é real. Estamos sendo solicitados a fazer algo, então o que vamos fazer? Vamos nos sentar e deixar que isso role para dentro de uma vala ou subir e salvar o navio em risco?"

Apesar de a sociedade ser bombardeada com contra valores bíblicos, Voight insistiu que ainda existem pessoas onde Deus tem espaço em suas vidas. O ator veterano declarou que aqueles que falam a verdade terão a vitória.

"Há muitas pessoas que são pessoas realmente fortes, pessoas muito inteligentes e pessoas muito boas que disseram: 'Envie-me'. É por isso que tenho que pensar que não há dúvidas sobre isso. Está tudo escrito: vamos vencer a batalha", concluiu Voight.

O ator, que tem 80 anos, disse que "Vai ser difícil e estamos nisso agora e sabemos que é difícil, mas essa batalha será vencida por aqueles que perseguem a verdade; eles prevalecerão".

Voight teve seus próprios problemas com a família ao longo dos anos, mas de acordo com o Hollywood Reporter em dezembro de 2017, ele e sua filha, Angelina Jolie, estão trabalhando para reconstruir seu vínculo e ele está orando por toda a família após seu divórcio de Brad Pitt e sua batalha de custódia pública.

Em "Roe v. Wade", Jon Voight estrela ao lado de Nick Loeb, Robert Davi, Corbin Bernsen, John Schneider e Stacey Dash.

O filme enfrentou vários obstáculos, incluindo seus anúncios sendo banidos no Facebook.

Fonte: Guiame

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...