segunda-feira, 29 de abril de 2019

Missionário relata ter visto 1000 muçulmanos se converterem a Cristo na fronteira da Síria

Diferente do que muitos imaginam, o cristianismo não é algo que se possa deter, visto que não se trata de algo criado pelos homens, mas o resultado da ação de Deus através de Jesus Cristo, ai sim, na vida de homens e mulheres dedicados a servi-lO.
Assim, apesar da grande perseguição religiosa sofrida pelos cristãos na atualidade, em países como a República Islâmica do Irã, dia após dia o Senhor tem alcançado almas para Ele mediante a pregação do Evangelho.
Um exemplo disso é o testemunho do missionário Vernon Brewer, fundador da organização missionária World Help. Segundo ele,  "só no ano passado, em uma clínica médica na fronteira com a Síria, vimos 1.000 muçulmanos se tornarem seguidores de Cristo".
E o fator determinante para essas conversões, diga-se de passagem, não é o anúncio formal das Escrituras Sagradas, mas o testemunho através das atitudes, como bem ensinou Jesus Cristo ao dizer que "pelos frutos os conhecereis".
"Quando perguntei aos voluntários da clínica qual era o método evangelístico deles, eles disseram: 'Não temos uma estratégia evangelística. Tudo o que fazemos é mostrar a eles o amor de Jesus Cristo e atender às suas necessidades'", conta Vernon.
Mas, quais necessidades?
Alimento, abrigo, vestimenta, atenção… coisas simples, mas que quando supridas voluntariamente despertam nos socorridos a necessidade de saber a razão pela qual estranhos, sem pedir nada em troca, prestam esse tipo de ajuda.
"Um por um, eles pedem para falar conosco em particular, e o assunto é sempre o mesmo. ‘Por que você está fazendo isso? Por que você é tão diferente? Como posso ter o que você tem?'", contou um dos voluntários ao missionário.
"Eu apenas acredito que é o amor de Jesus Cristo que atrai homens e mulheres para Ele como um ímã", observa Brewer, segundo o Charisma News.
O gesto de solidariedade dos cristãos contrastam com à intolerância religiosa, violência e radicalismo dos muçulmanos locais. Isso tem feito com que muitos seguidores do islamismo abandonem suas crenças, diante de tamanha diferença.
Veron disse que à busca pela verdadeira Palavra de Deus é tão grande que "não há Bíblias suficientes para acompanhar o crescimento da igreja clandestina", disse ele, se referindo às igrejas que existem de forma secreta.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...