segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

Mais de 1,7 milhão de pessoas aceitaram Jesus através da Associação Billy Graham, apenas em 2020

A ‘linha de oração’ da Associação Evangelística Billy Graham tem recebido mais de 1.000 ligações todos os dias desde sua criação em março de 2020 como uma resposta à pandemia da Covid-19 e aos bloqueios, segundo informou o diretor assistente do projeto, Jonathan Edwards.

A maioria das pessoas liga para a fila de oração porque está com medo e preocupada com os eventos atuais, disse Edwards, que administra a linha de oração para a Associação Evangelística Billy Graham, em uma entrevista ao ‘Christian Post. A quantidade de telefonemas aumentou rapidamente no início das medidas de lockdown em razão da pandemia do coronavírus. E agora, começaram a subir novamente no início de janeiro (2021).

No momento, a linha telefônica recebe 200 ligações a mais do que o normal todos os dias, disse ele. Os números de ligações ficam ainda mais altos depois que o Rev. Franklin Graham aparece na televisão.

Muitas pessoas estão apenas sentindo muito medo. As pessoas estão ligando e não sabem para onde se dirigir. Elas veem onde estamos no mundo e simplesmente não sabem ao certo para onde ir”, disse Edwards. “Elas só precisam de esperança”.

As ligações são feitas por um grupo misto de pessoas, composto por cristãos e não cristãos, disse ele. Algumas ligam porque passaram por tragédias pessoais. Outras ligam porque estão em isolamento da Covid-19, sem ter ninguém com quem orar, e ainda outras ligam porque têm medo do crescente caos e medo na política americana. Todas elas querem oração.

As pessoas que ligam para a ‘linha de oração’ geralmente buscam cura, paz de Deus e conforto para o medo, disse Edwards. A Associação Evangelística Billy Graham, em um comunicado à imprensa, compartilhou várias histórias de pessoas que ligaram para a ‘linha de oração’. A organização fez uso de nomes fictícios nas histórias para preservar a privacidade dos envolvidos.

Inês, uma cristã, expressou sua preocupação sobre os problemas no Capitólio. Quando criança, sua família havia deixado Cuba durante uma época tumultuada. Ela ainda se lembra dos acontecimentos perturbadores e tem medo de ver uma agitação contínua na América”, dizia o comunicado. “O voluntário que a atendeu garantiu a ela que Deus vê tudo o que está acontecendo e Ele é o ‘El Roi’, um nome hebraico para Deus que significa ‘o Deus que me vê’”.

Quando planejou a ‘linha de oração’, a Associação Evangelística Billy Graham esperava que o projeto fosse um recurso de curto prazo durante os bloqueios da Covid-19, disse Edwards. Mas os bloqueios continuaram e o grupo passou a receber mais ligações que o esperado.

“[Os números de telefonemas] têm sido consistentemente altos”, disse ele. “Eventualmente, pensei que veríamos essa média diminuir, e isso não aconteceu. Essas pessoas precisam encontrar a esperança de Cristo em algum lugar”.

Frutificando

Mais de 6.700 pessoas decidiram seguir Jesus depois de conversar com voluntários na linha de oração, disse Edwards. Este número faz parte de uma tendência maior no evangelismo. Somente 2020, 1,7 milhão de pessoas se tornaram cristãs por meio dos ministérios online da Associação Billy Graham, um aumento de 400.000 pessoas em relação a 2019.

A equipe do ministério que opera a linha telefônica de oração lê a Bíblia para também não se sentir oprimida pelos medos que ouve todos os dias, disse Edwards. Lidar consistentemente com o medo pode ser um fardo emocional.

Vamos sentir medo. Em nenhum lugar da Bíblia Cristo diz que não vamos sentir medo”, disse Edwards. “Com um relacionamento pessoal com Jesus Cristo, você pode saber que sua salvação está garantida, você pode saber para onde está indo. Haverá momentos em que teremos medo, mas você pode experimentar paz com Deus”.

Edwards disse que costuma compartilhar o Salmo 56:3 com sua equipe.

O texto diz: “Mas eu, quando estiver com medo, confiarei em ti. Em Deus, cuja palavra eu louvo, em Deus eu confio e não temerei. Que poderá fazer-me o simples mortal?”.

Fonte: Guia-me com informações de The Christian Post via Folha Gospel

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...