quarta-feira, 21 de março de 2018

Leonardo Gonçalves lança "Deus Sabe, Deus Ouve, Deus Vê", o primeiro single de seu novo álbum


A canção já ultrapassou mais de 900 mil visualizações no YouTube.


O cantor Leonardo Gonçalves lançou o primeiro single de seu novo projeto musical. A canção "Deus Sabe, Deus Ouve, Deus Vê" já se encontra disponível em todas as plataformas digitais e também no YouTube.

Segundo o próprio cantor, este pode ser o trabalho "menos comercial" de sua carreira, mas promete ser também um dos mais refinados. Intitulado "Sentido", o disco irá resgatar canções que marcaram a jornada de Leonardo.

"A experiência de vida que tenho hoje, com meus quase 40 anos, tenho 38, é que posso falar de certos assuntos como há cinco, 10 anos eu não teria capacidade de falar, justamente por não ter vivência o suficiente. A realidade da vida é que não existem respostas fáceis", diz o cantor em entrevista para o site Fausto Mag.

"Deus Sabe, Deus Ouve, Deus Vê" é uma canção do Hinário Adventista. A música de 1984 tem letra de Valdecir Lima e música de Flávio Santos. "É preciso ter os dois pés fincados em algum lugar. Estou seguindo adiante numa direção que é muito mais universal. Para garantir que não vou me perder, estou fincando meus dois pés no que eu tenho de mais fundamental", disse Leonardo.

Ele afirma que seu novo projeto irá “homenagear os compositores que marcaram a minha vida”, salienta. “Do ponto de vista sonoro, é uma continuidade do meu trabalho em hebraico só que agora com canções em português que já passaram pela prova do tempo”, comenta.

“É uma oportunidade ímpar e única de apresentar ‘meus’ clássicos à maior parte do meu público que talvez não os conheça. E vou apresentá-las em um formato que é estranho ao mercado atual, mas que não deveria ser novidade”, diz.

Com orquestra

As canções do projeto “Sentido” contarão com orquestras. Uma composta por membros de duas: a Orquestra Sinfônica de Praga e Orquestra Filarmônica da República Checa.

Vale ressalta que o disco contará, além de clássicos adventistas, duas canções consideradas patrimônio cultural e outras duas da música erudita contemporânea. Mas, todas compactuando com o mesmo contexto: a condição humana, o sofrimento humano e como lidar com o indizível.

Confira aqui o clipe:


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...