quinta-feira, 11 de abril de 2019

CGADB - Assembleia de Deus rejeita a união estável como forma de casamento


Adicionar legenda
O tema UNIÃO ESTÁVEL que fazia parte do temário da 44a. AGO da CGADB - Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, foi colocado para discussão na tarde desta quinta-feira - 11.04.2019, cuja comissão presidida pelo Pr. Ezequias Soares, que foi representado em plenário pelo Vice-Presidente, Pr. Irineu da AD Belém em Piracicaba (SP), e pelo relator, Pr. Emanuel Barbosa Júnior, que efetuou a leitura do devido relatório.

Muito embora o relatório da Comissão esmerou-se ratificar a resolução anterior e dar uma solução para as pendências existentes nas igrejas, não houve acordo e a proposta da UNIÃO ESTÁVEL, de autoria do Pastor Abiezer Apolinário, mesmo que à guisa se atender excepcionalidade e excessões, foi plenamente rejeitada pelo plenário da AGO em Belém do Pará.

A propósito, o plenário ratificou por unanimidade, a decisão anterior vigente, tomada pelo mesmo plenário da AGO em Cuiabá (MT), rejeitando sob qualquer hipótese a União Estável como casamento formal.

LEIA TAMBÉM:

Reforma de Estatuto é aprovada pela 8ª AGE da CGADB com alterações substanciais - SAIBA TUDO AQUI



3 comentários:

Silvio Martins disse...

Graças a Deus!Mantemos o nosso compromisso com a Palavra de Deus.

Anônimo disse...

Pastor JOSÉ WELLINGTON BEZERRA DA COSTA ficou TRINTA anos na presidência da CGADB, o " Pastor WELLINGTON JUNIOR " ficara SESSENTA na CGADB, com esse item " sem limite pra reeleição".Porque quem está em "evidencia"(presidente) que é o caso da presidência sempre terá mais visibilidade e mais chance.Nada contra ,mas deveria ter limite máximo de duas ou três vzs candidato,depois ñ deveria candidatar a cargo nenhum.
Outro assunto é reconhecimento de convenção, acrescentaria mais um item.
Pastor que sair de uma convenção por motivo "fútil" e funda outra convenção,não deveria ser aceita na CGADB.
No ESPÍRITO SANTO tem um caso até engraçado pra não dizer "OUTRA COISA".Pastor OSCAR DOMINGOS DE MOURA ,presidente da CADEESO por muitos anos ,perdeu as eleição pro PASTOR ARNALDO CANDEIAS( SANTO HOMEM DE DEUS) pastor MOURA( como é conhecido) "NÃO" aceitou o resultado das eleições e rebelou contra a CADEESO e fundou outra convenção com grupo de pastores que rebelarão junto com ele.Lendo uma matéria num site "gospel". O pastor MOURA já fundou outra convenção(CONFRADEESTO) e já entrou com pedido de reconhecimento da mesma.
CASO COMO ESSE NÃO DEVERIA SER ACEITA NA CGADB,DE JEITO NENHUM.
ISSO CHAMA DE REBELIÃO,QUE DIZER " GRUPO DE INDIVÍDUOS DECIDE NÃO ACATAR AS ORDENS OU AUTORIDADE DE UM PODER CONSTITUÍDO ".

ANAGRAMA OROBORO BINARIO disse...

Ok

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...