terça-feira, 9 de abril de 2019

Lideranças evangélicas diversas se reúnem com ministros de Bolsonaro para orar pelo país

O "II Encontro de Intercessão pela Nação", realizado em Brasília (DF) na última semana reuniu 140 líderes evangélicos de todo o Brasil, com pastores de grandes igrejas, empresários e magistrados, além de ministros do governo Bolsonaro como convidados.
Participaram da reunião os ministros André Mendonça, advogado-geral da União (AGU); Damares Alves, dos Direitos Humanos; e Onyx Lorenzoni, da Casa Civil. Além deles, quatro secretários nacionais do governo Bolsonaro.
O evento foi realizado pela primeira vez em dezembro passado, e na ocasião, contou com a presença do presidente eleito Jair Bolsonaro. Agora, a participação dos ministros do governo aponta que existe o compromisso de manter a proximidade com os evangélicos, já que o voto deste segmento foi decisivo para a vitória nas urnas e pode ser valioso para uma mudança de rota nas políticas públicas ligadas à cidadania, família e combate à corrupção, entre outros temas.O novo presidente da Frente Parlamentar Evangélica, deputado Silas Câmara (PRB-AM), esteve presente e falou sobre o trabalho da bancada, que hoje conta com 112 parlamentares, sendo 10 senadores.
De acordo com informações do portal Agora Paraná, o pastor Carlito Paes, comentou o saldo do encontro: "Foi simplesmente maravilhoso. Todas as palavras foram muito inspiradoras. O ambiente foi ótimo, cheio de unidade e respeito. O dedo de um pastor pode não estar no governo, isto não faz diferença, mas a mão de Deus está, e isto faz toda a diferença".
Damares Alves falou sobre sua rotina de trabalho, declarou que sua cadeira pertence ao Senhor e recebeu oração dos presentes, que também apresentaram todos os ministros e secretários presentes a Deus.
O empresário Marquenson Marques, da Cargolift, membro da PIB de Curitiba (PR) sugeriu que os pastores ajudassem a divulgar as informações que foram apresentadas por secretários e técnicos do Ministério da Economia, sobre a Reforma da Previdência. "Podemos gravar vídeos curtos, com informações importantes e disparar para nossas redes em nossas igrejas", disse o empresário, que foi apoiado em sua proposta.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...