quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

Jamie Foxx fala sobre seu sonho de ver todas as pessoas no ‘guarda-chuva do cristianismo’

Um sonho de união é uma das expressões de fé do ator Jamie Foxx, que contou ter sido criado na igreja e declara que gostaria de ver todas as pessoas unidas sob a bandeira do cristianismo, com todas as raças adorando a Deus. 
O ator – que protagoniza o filme Luta Por Justiça – afirmou que sua infância no Texas foi marcada por frequentar os cultos aos domingos e tocar piano no momento do louvor.
"Eu cresci na igreja. Quero dizer, igreja, todos os dias. Igreja, igreja, igreja, igreja", disse ele, lamentando que em algum momento, percebeu que o relacionamento com os irmãos na fé "não refletia exatamente a compaixão, a graça e a bondade exemplificadas pelo Cristo que professavam".
Segundo informações do portal Metro Voice News, Foxx queixou-se que "as [mesmas] pessoas que iam à igreja e nos ensinavam a Bíblia" o tratavam mal em outros ambientes, fora do templo. "Na minha cabeça, pensei: 'Sim, algo está errado. Porque se existe um paraíso, eu não vou sair com eles. Então eles terão que separar meu paraíso, porque eu não quero estar perto de pessoas que me chamavam daquelas coisas'", disse.
O pano de fundo das declarações de Jamie Foxx é o racismo, e coincidentemente, se encaixa com a temática de seu filme atual. O filme é produzido pelo ator Michael B. Jordan, que também atua no longa-metragem e vem dedicando sua carreira a papéis que, em sua maioria, servem à militância racial nos Estados Unidos.
Foxx afirmou que sua avó, crente, o fez decorar a Bíblia e o ensinou a ser gentil e demonstrar compaixão com o próximo, mesmo com aqueles de quem ele discordava: "Minha avó, que criou nossa cidade, fez questão de entender os livros da Bíblia: Gênesis, Êxodo, etc. Ela me explicou o 'guarda-chuva' do cristianismo".
Em outro trecho da entrevista o ator afirmou que, a seu modo de ver, as chamadas Gerações Y e Z, e os outros mais jovens, têm dificuldade de aceitar o cristianismo por conta do que seria uma "mentalidade nós contra eles" existente no segmento. Em outras palavras, Foxx acredita no que se define como "universalismo", uma crença de que Deus salvará a todos, ignorando o pecado.
"Minha filha teve dificuldade em entender a religião", disse ele. "Quando ela tinha 13, 14 anos, ela falou: 'Pai, tudo o que vocês falam é sobre quem é diferente e quem não é. Não queremos fazer isso. 'Então aprecio o jovem Y e Z que tem uma mentalidade diferente e ainda está apegado à fé deles, porque é disso que precisamos. Precisa ser integrado", resumiu.
O filme Luta Por Justiça é baseado em uma história real, e conta a trajetória de um advogado recém-formado que se dedica a revisar casos de presos que alegam terem sido condenados injustamente, forçando a Justiça a revisar seus casos.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...