quarta-feira, 6 de maio de 2020

Igreja abre o templo e ajuda população a tirar dúvidas sobre o auxílio emergencial

Uma igreja evangélica na cidade de Pinheiros (ES) se tornou um ponto de orientação gratuita para as pessoas que aguardam o resultado da análise do pedido de auxílio emergencial. A congregação está ajudando com informação e ajudando a reduzir as filas na cidade.
A Primeira Igreja Batista de Pinheiros está nas redondezas da agência da Caixa Econômica Federal da cidade, e o pastor decidiu que a congregação poderia ajudar com informações e consultas no portal do auxílio emergencial.
"Nossa igreja fica próxima à agência da Caixa, então eu estava observando as filas e isso me incomodava, eram centenas de pessoas aglomeradas. Resolvemos então disponibilizar nossa estrutura e voluntários para ajudar as pessoas que estavam na fila", disse o pastor Wagner Poubel, responsável pela Primeira Igreja Batista de Pinheiros.
De acordo com informações do portal A Gazeta, o pastor contou que o trabalho dos voluntários oferecendo orientação na igreja começaram na manhã da última segunda-feira, 04 de maio. Ao longo do primeiro dia foram realizados 80 atendimentos a pessoas que estavam na fila, sendo que 60 delas conseguiram resolver suas demandas sem precisar chegar à agência bancária.
"Muitas pessoas não precisavam estar na fila, mas não tinham uma orientação adequada, nosso objetivo é esse, ajudar com orientação para que as pessoas não precisem se expor em aglomerações", explicou Poubel.
Diante da ideia de oferecer ajuda, o pastor procurou representantes da Caixa e obteve sinal verde da direção do banco, que por sua vez disponibilizou materiais de estudo para que os voluntários fossem capacitados para ajudar a população.
"Nós recrutamos seis jovens voluntários da igreja, então passamos o feriado e o final de semana orientando eles sobre o funcionamento do sistema do auxílio emergencial para que eles pudessem ajudar as pessoas", finalizou o pastor, que providenciou máscaras e uma proteção facial para a prevenção do novo coronavírus.
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...