sábado, 18 de julho de 2020

Teólogo JI Packer, autor de ‘Conhecimento de Deus’, morre aos 93 anos e repercute no mundo


O conhecido teólogo inglês, James Innell Packer, autor de um dos clássicos da formação teológica não apenas de pastores, mas também de leigos em várias partes do mundo – O Conhecimento de Deus –, faleceu ontem, sexta-feira, 17 de julho, aos 93 anos.
Os livros "Conhecimento de Deus", "Entre os Gigantes de Deus", e "Evangelização e soberania de Deus" se tornaram clássicos cristãos.
Anglicano, doutor em filosofia pela Universidade de Oxford e por muitos anos professor de teologia no Regent College, em Vancouver, no Canadá, J. I. Packer foi também editor da revista Christianity Today e um autor profícuo, cujos livros venderam milhões de exemplares. 
Para a revista, o influente teólogo evangélico deixa uma lição final para a igreja: "Glorifique a Cristo em todos os sentidos". Segundo a nota, quando a revista Christianity Today conduziu uma pesquisa para apontar os 50 principais livros que moldaram os evangélicos, O Conhecimento de Deus ficou entre os cinco primeiros.

A importância do legado de James Innell Packer, principalmente entre líderes e teólogos, se fez sentir pelas manifestações nas redes sociais, entre as quais destaco:

"Pr. Geremias Couto (RJ) disse: Entre os teólogos que mais me marcaram está J. I. Packer, a quem o Senhor chamou para a sua glória nesta sexta-feira feira, 17. Recebi a notícia, enquanto estava reunido há poucas horas com o reitor do STCN, rev. Idauro Campos e outros mestres da instituição. Logo os informei e ao final agradecemos a Deus pelo seu imenso legado para a Igreja do Senhor ao redor do mundo.  Um homem com intensas marcas de piedade em sua vida, refletidas em seus escritos. Quem lê Entre os Gigantes de Deus - uma visão puritana da vida cristã - compreende o significado da genuína vida piedosa. Sigamos-lhe as pisadas e que o Senhor conforte a família e a todos que, de algum modo, foram tocados pela vida de J. I. Packer."
Outros se limitaram a citações de trechos da obra de JI Packer, como foi o caso de Marcondes Soares:
"Deus usa dor e fraqueza crônica, juntamente com outras aflições, como seu cinzel para esculpir nossas vidas. A fraqueza sentida aprofunda a dependência de Cristo por força a cada dia. Quanto mais fracos nos sentimos, mais nos inclinamos." J.I. Packer (1926–2020) 

Com informações: (Com Ultimato) via JM Notícia

Um comentário:

Jeferson Martiniano disse...

Impossível não sentir a partida deste grande exemplo de Homem de DEUS! JIPacker com sua firme teologia e ensinos muito contribuiram para alicerçar muitos obreiros e Igrejas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...