quarta-feira, 16 de junho de 2021

ANAJURE - Associação de juristas evangélicos reitera apoio a pastor no STF; Jornalista elogia entidade

A proximidade da vacância de uma das cadeiras do Supremo Tribunal Federal (STF) vêm gerando especulações sobre o posicionamento de lideranças evangélicas a respeito dos nomes que podem estar em uma eventual lista do presidente Jair Bolsonaro.

Nesse contexto, a Associação Nacional dos Juristas Evangélicos (ANAJURE) reiterou seu apoio ao nome do pastor André Mendonça, atual ministro da Advocacia Geral da União (AGU) e visto como favorito à indicação do presidente para a vaga do ministro Marco Aurélio Mello.

A manifestação da ANAJURE foi uma resposta a uma matéria divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo, que veiculou uma fake news a respeito do posicionamento da entidade na questão.

No último dia 13 de junho de 2021, a Folha de São Paulo divulgou matéria intitulada ‘À espera de Bolsonaro, Aras, Mendonça e Martins se mexem na reta final por nova vaga no Supremo’ em que foram trazidas informações equivocadas sobre a ANAJURE. No texto, o veículo de notícia afirmou, sem nos procurar, que a Associação teria manifestado apoio à indicação do Presidente do STJ, Dr. Humberto Martins, para ocupar a nova vaga no STF”, introduziu a nota oficial.

De acordo com o texto, “a ANAJURE não expressou apoio à indicação do Ministro Humberto Martins”, pois já havia se posicionado em outro sentido anteriormente.

A esse respeito, ressaltamos que os nomes ventilados para ocupar a vaga no STF, como o Dr. Humberto Martins e o Dr. Augusto Aras, possuem alta qualificação e competência técnica para exercer o ofício de ministro da Corte. Contudo, em vista da atual conjuntura, a recomendação da ANAJURE sobre a temática se inclina em outro sentido”, acrescenta a entidade.

Desse modo, a ANAJURE reitera o seu apoio, já manifestado em outras ocasiões, à nomeação do Dr. André Luiz de Almeida Mendonça, atual Advogado-Geral da União. Inclusive, informamos que nossa posição foi comunicada ao Presidente da República no mês de maio através de ofício”, finaliza a nota.

Evangélicos no STF

O jornalista José Maria Trindade, da rádio Jovem Pan, afirmou no programa Os Pingos nos Is que a movimentação feita por André Mendonça junto a senadores já “limpou o caminho” para sua indicação.

O ministro André Mendonça já antecipou as conversas. Ele vem procurando senadores, já conversou com mais de 60, dos 81 senadores. Já preparou o caminho. A indicação dele estava em dúvida, porque alguns senadores alertaram o presidente Jair Bolsonaro de que não era garantida a aprovação do nome dele”, comentou Trindade.

Diante desse alerta, Mendonça “limpou o caminho para essa possibilidade”, garantiu Trindade, acrescentando que a ANAJURE “vem fazendo um trabalho principalmente para quebrar esse preconceito de que o evangélico não pode ocupar cargos no Executivo, cargos importantes, e chegamos a esse ponto de não ter uma representação no Supremo Tribunal Federal, e isso é importante, é uma posição importante para um setor da sociedade que cresceu e vem crescendo muito”.

Fonte: Gospel+

ASSISTA AQUI

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...