domingo, 8 de maio de 2011

Pr.SILAS MALAFAIA - Revoltado com a união gay aprovada pelo STF, promovera manifestação no congresso

Pr. Silas Malafaia

O Pastor Silas Malafaia tem sido implacável e exemplar na utilização da mídia que tem à sua disposição, no combate as práticas homossexuais, segundo os princípios da Palavra de Deus e, por outro lado, também tem alertado a nação contra sua legalização por parte do poder público. Considerando a aprovação da união estável de casais homossexuais pelo STF nesta semana, o líder da Assembléia de Deus Vitória em Cristo e também vice-presidente do Conselho de Pastores do Brasil demonstrou sua revolta com o ocorrido e em entrevista exclusiva ao SRZD anunciou manifesto a ser realizado no Congresso nacional. Leia a entrevista: 

O pastor Silas Malafaia, em entrevista exclusiva ao SRZD na manhã desta sexta-feira, se mostrou indignado com o Supremo Tribunal Federal (STF) pela aprovação da união entre homossexuais. Segundo ele, o STF não respeitou e ignorou a Constituição Federal. "Homem e mulher, a lei define gênero. Para aprovar isso (a união entre homossexuais) teria que mudar a Constituição. O STF rasgou a Constituição. Ficamos a mercê da opinião pública", disse ele. 


Em primeira mão, o pastor revelou que fará um grande protesto contra a união gay, dia 29 de maio, às 15h, no Congresso Nacional, em Brasília. "Vamos fazer um barulho pesado em frente ao Congresso. Convidamos qualquer um que seja contra essa vergonha a vir conosco: padre, deputado, pastor, todo mundo. Será um barulhão, mas uma ordem pacífica, claro", acrescentou Malafaia.


Em tom de revolta, o vice-presidente do Conselho de Pastores do Brasil disparou: "Uma vergonha o STF ser igual a um partido político. Aprovaram aquilo lá com argumentos frágeis, uma reflexão fria e medíocre. Nenhuma nação do mundo transgride um conceito constitucional para agradar a um segmento da sociedade".


O pastor teme ainda que essa aprovação seja uma porta aberta para outra questão, a aprovação da PL 122 (Projeto de Lei), que criminaliza a homofobia. "Aprovando esta vergonha, os senhores estão abrindo as portas para que a PL 122, que é a lei mais esdrúxula que já vi na vida, seja aprovada no Congresso, favorecendo homossexuais, criminalizando a opinião e os heterossexuais", afirmou o pastor.

Fonte: SRZD


ATUALIZAÇÃO DO POST:


O protesto teve a data antecipada para o dia 1o. de Junho, no mesmo local e horário.

6 comentários:

Pr. Flavio Constantino disse...

Querido Pastor Carlos Roberto,

A Paz do Senhor,

Pelo menos o Pastor Silas com todos os defeitos (e quem é que não tem)ainda é um homem que tem coragem de colocar a cara pra bater.

Oremos porque a coisa para a Igreja Brasileira está coeçando apertar.

Um grande abraço,

No Amor de Cristo,

Pastor Flavio Constantino

Nill disse...

Em vez dos pastores ficarem bricando por posição e cargo em convenções pelo Brasil a fora, deveriam deixar o orgulho de lado e se juntarem ao Pr. Silas Malafaia. Muitos falam dele, mas não têm a 1% da coragem desse homem. Triste! Muito Triste!

edna disse...

Pastor Carlos Roberto,
A paz do Senhor,
eu digo o mesmo.
Se os homens que
se diz ser homens de
Deus se envolvese só com
a obra Dele (DEUS) as coisa
não estaria assim.
Eles estão brincando com a
Palavra de Deus.
Não tem o que falar fica atirando pedras em quem ta trabalhando, no
final todos vamos pagar muito caro.
Vamos orar por estes Homens que tem coragem de dar a cara a tapa.

Anônimo disse...

Reverendíssimo Pr. Ricardo Gondim e demais internaltas que nos lê.
Sou estudioso das verdades eternas de DEUS, muito particularmente vosso admirador, digo isso pelos excelentes trabalhos publicados, porém, surpreso com a efémera compreensão de V.s.a., no que se refere as bases teológicas ora defendidas em suas teses. Veja que os princípios eternos jamais serão sobrepostos pelos conceitos humanos, bem como, o homem subvertido pela ciência humana não poderá compreendê-los porque lhes parece loucura.
Pois bem!
O DEUS de que se refere sendo "títere" foi o mesmo que falou ao Rei de Tiro, através do Profeta Ezequiel dizendo: "Acaso dirás ainda diante daqueles que te matar: Eu sou um deus? mas tu es um homem e não um deus", (Ez 28...) sabemos qual contexto estamos nos referindo, ou seja, do que estamos falando. Ainda em alusão a vossa manifestação em defesa ao homossexualismo, concordo que DEUS não intervém nas questões individuais humanas, sejam escolhas, sejam decisões, por conta do livre arbítrio estabelecido justamente para que o homem tomasse suas próprias decisões.
Dentro deste ponto de vista, concluímos que em função do estabelecido, não poderíamos discriminar quaisquer decisões e/ou atitudes, mesmo que fora dos princípios eternos, porém, não concordamos com a união homoafetiva e nem defendemos tal licenciosidade em vistas as verdades bíblicas morais por acreditarmos na inspiração verbal da Bíblia sagrada, única regra infalível de fé normativa para vida e o caráter cristão, bem como, na pecaminosidade do homem que o destituiu da Glória de DEUS e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo, Senhor nosso, é que o pode restaura-lo a DEUS.
Desta forma, gostaria de fazer conhecido de vós o que falou o Apostolo Paulo sobre a imoralidade sexual “Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?” I Coríntios 19.6, bem como, aos irmão em Corinto “Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, NEM OS EFEMINADOS, nem OS SODOMITAS, nem os ladröes, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.” I Coríntios 6:10. “Ainda em instrução aos irmãos em CORINTO, o Apostolo Paulo, salientou que por causa da prostituição cada HOMEM tenha sua própria MULHER e cada MULHER o seu próprio MARIDO.” (I Coríntios 7.2), bem como, o que Paulo escreve aos Romanos, dizendo: “Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm; Estando cheios de toda a iniquidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade.” (Romanos 1.26-29). E por fim, gostaria que o prezado pastor, muito sinceramente, comentasse sobre o que dispõe os textos sagrados nas entrelinhas acima. Que a graça de Cristo o possa continuar alcançando.
Ass.
Conf. Valdenir Junior
(71) 7814-7361 - ID : 91*128352

Eliseu Antonio Gomes disse...

Caro Pr. Carlos Roberto.

A data da manifestação em Brasília, promovida Malafaia está com data alterada, conforme indica o site Associação Vitória em Cristo.

O manifesto ganhou a data de 1º de Junho de 2011, às 15 horas.

Creio que seja importante o esclarecimento.

Abraço.

Anônimo disse...

O QUE VCS ENTENDEM DE HOMOSSEXUAL P FICAR JULGANDO...NAO É QUESTAO DE SEXO É AMOR.DEUS NOS CONHECE POR DENTRO E POR FORA ,SO ELE SABE DA VERDADE.O RESTO É PRECONCEITO

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...