quarta-feira, 8 de junho de 2011

ANTÔNIO PALOCCI PRESSIONADO PEDE DEMISSÃO

Antônio Palocci - Fonte IG
Depois de semanas de pressão, o Ministro da Casa Civil Antônio Palocci, pede demissão do cargo. Mesmo tendo concedido entrevista, onde esboçou tentativa de explicação do aumento extraordinário do seu patrimônio em tempo recorde, não conseguiu se manter na função, o que deixa claro que, definitivamente não foi convincente em suas explicações.

O temor de uma convocação para depor diante do poder legislativo, o que estava muito claro, através das manobras do governo para que isso não acontecesse, mostra que alguma culpa era evidente, afinal, já dizia o adágio popular: "Quem não deve não teme".

De qualquer forma, a renúncia de Antônio Palocci reconduz aos trilhos a agenda política do país, visivelmente afetada com o fato. Era uma espécie de zona cinzenta, de tumor infeccionado, de situação não resolvida. Até as bancadas, evangélica e católica, tiraram proveito do fato, fazendo com que a presidenta Dilma Roussef recuasse na questão da distribuição do chamado "kit gay" nas escolas públicas. A realidade era que, mantendo Palocci, a presidenta estava com sua autoridade também afetada. Nesse caso, menos mau a renúncia, quem sabe até atendendo a conselhos.

Não é a primeira vez que Antônio Palocci deixa importantes cargos, acuado por pressões, motivadas por acusações de possíveis ilicitudes. Até que ponto compensa essa exposição?

De acordo com o noticiário, foi convidada e já aceitou o cargo, a senadora  Gleisi Hoffmann (PT-PR).

Aguardemos a nomeação oficial.

Um comentário:

claudiopimenta disse...

vergonha senhor manoel ferreira


vergonha bancada evangelica


chantagistas


trocar o kit gay pelo palocci



o que joaoa batista diria de voces rcaça de v..........................

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...