quinta-feira, 16 de junho de 2011

STF esvazia o poder legislativo em doses nem tão homeopáticas



STF esvazia os poderes do Congresso Nacional em doses nem tão homeopáticas, senão vejamos:


Em 05 de maio de 2011 o Supremo Tribunal Federal aprovou a união estável entre pessoas do mesmo sexo, popularmente conhecida como "casamento gay".

Em 08 de junho de 2011 o STF concedeu asilo político ao assassino italiano Cesare Battisti, condenado a prisão perpétua na Itália.
Em 15 de junho de 2011 o STF liberou a realização da marcha da maconha.

Prestem atenção:
Todas as discussões sérias ou medidas impopulares que normalmente, quando aprovadas, geram desgaste político, estão sendo levadas ao STF - Supremo tribunal federal, corte essa que vem contrariando os princípios, costumes, cultura e modo de agir da maioria, em benefício de minorias. Tais minorias não estavam discriminadas em suas vontades, no entanto, usam agora do STF para impor à nação em forma legal seus interesses. Quem teria, ao arrepio da nossa constituição, concedido poder àquela côrte para legislar no lugar do Congresso Nacional.


O que me causa estranheza, é o fato de que o parlamento assista a tudo isso calado, como se nada estivesse acontecendo.  

Entendo que, se existam "brechas"legais para que isso aconteça, não seria o caso de se levantar a questão no sentido de que sejam corrigidas, ou estamos esperando o dia em que, entendendo ser legal, o STF também feche definitivamente o congresso nacional. O poder executivo, pelo "andar da carruagem", não está nem aí para o que está acontecendo. Ora, se  o poder emana do povo, por que os verdadeiramente eleitos por esse povo de forma direta, se curvam pacificamente aos por eles mesmos nomeados?
No caso da libertação do assassino italiano, o Brasil se curvou à decisão da suprema côrte, e agora está com a imagem "em maus lençóis", sujeito inclusive a ser representado na côrte internacional de Haia por quebra de acordo.
Não posso afirmar isso, mas no meu entendimento, tenho a nítida impressão que o STF está a serviço do poder executivo até prova em contrário, e para tanto, só se manifestando publicamente contra.
Quanto ao poder legislativo, a meu ver, pelo menos por enquanto, cumpre a letra do Hino Nacional Brasileiro, ou seja, continua "deitado eternamente em berço esplêndido".
Acorda Brasil, antes que seja tarde, demais!

7 comentários:

Anselmo Melo disse...

Querido Pr Carlos Roberto.Esse movimento começou a 8 anos atras,é gradual e constante.Enquanto deputados e senadores continuam fazendo politica na base do escambo uma ditadura silenciosa ameaça nosso Brasil.
Obs.Preparei uma premiação lá no blog e o irmão está entre os 30 leitores que vão participar.Quando for possível da uma conferida lá.
Paz! Link da promoção:http://www.pranselmomelo.com.br/2011/06/sorteio-um-presente-para-meus-amigos.html

Daladier Lima disse...

Prezado Pr. Carlos,

Seu eu fosse o Pr. José Wellington, em protesto quanto a esse desmando, não iria à sessão solene que homenageou nossa igreja. É preciso dar um basta nessa toada. Aonde vamos parar? É preciso protestar!

Abraços!

tião disse...

A paz do Senhor Pastor Carlos, eu fico pensando , o que fazer quando eu não tenho poder para fazer nada, e se pudesse fazer algo, fico impedido pela lei que é dura para aqueles que não aceitam o que é feito no congresso e supremo, e alem disso o que dizer com a nomeação do tirica para ficar na parte da educação, viu não tenho como opinar vamos esperar e orar. ( não pode mexer na constituição para mudar a lei penal do adolescente, mas pode mudar neste caso, e outros que esta na mídia.

Judson Canto disse...

Caro pastor Carlos,

O Daladier está certíssimo. Nossa liderança perdeu uma grande oportunidade de se mostrar solidária com a igreja. Vai ver, pensam que a defesa do evangelho não é da alçada deles.

Abraço.

Judson.

Pr Rovanildo disse...

Caro Pastor Carlos Roberto

Seu texto reflete, exatamente, o que converseri agora a pouco com um jovem diácono da nossa igreja, a saber, os temas polêmicos e impopulares não passam no legislivo porque os parlamentares temem a pressão popular, eles precisam de votos para continuar onde estão; O supremo não, o supremo não é votado pela população, não teme a população, deveria ser guardião da constituição, mas se tornou inimigo dela, subversivo, contrário aos anseios e costumes da sociedade, visto que têm formação academica humanista, e seguem a tônica pós moderna.

Os deputados e senadores....calados...

Reinaldo Carlos da Silva disse...

Este STF é o pior da história, realmente está servindo aos interesses do executivo, no caso do terrorista batisti, o "dedo" do Lula apesar de cortado ainda tem muita força...

Anônimo disse...

pastor Carlos Roberto paz de Cristo ,venho por meio destas poucas palavras dizer que devido o conhecimento vasto q o senhor tem no meio evangélico , para começarmos uma ideia de evangelização, pois que a copa do mundo esta vindo ai e as olimpíadas também , vamos ter o privilegio de evangelizar o mundo todo no brasil,por isso pastor o senhor pense reflita e passe adiante essa ideia , pq sou apenas um membro da ADC, qualquer coisa pode contar comigo quero ser o 1º a colaborar, mas muitos pastores devem fazer o mesmo contato magalhaesmarcos_9@ Hotmail.com, paz de cristo amém!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...