quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Pr. SILAS MALAFAIA consolida liderança nacional na política


Pr. SILAS MALAFAIA

O pastor Silas Malafaia, líder principal da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, bem como da AVEC - Associação Vitória em Cristo, consolida sua liderança nacional em termos de política, sendo procurado e apoiando candidatos em todas as instâncias.

Atualmente, o Pastor SILAS MALAFAIA é procurado por lideranças política em geral, por candidatos e até mesmo pela imprensa, no sentido de registrar sua opinião sôbre candidatos e pleito.

Leia abaixo, parte da entrevista que concedeu ao Portal IG - O DIA ON LINE, sôbre o assunto:


Como o sr. analisa o seu envolvimento com a política?

A vida é resultado do que construímos ao longo do tempo. A gente se posiciona e corre riscos, põe a cara para bater. O povo evangélico vem amadurecendo. Estou há muito tempo na mídia, e conquistei credibilidade com os evangélicos. Uma parte acata e considera o que eu digo.

O sr. gosta de participar dessa embate, não é?

Gooosto! Eu nunca vou ser candidato a nada, pode anotar aí! Nada, nada, nada! Agora, tenho a convicção, aquilo que sou, como pastor, como um dos líderes de um segmento, acredito que fui levantado para influenciar. Então, vou influenciar o máximo que puder. Ser (político), nunca, mas influenciar, sempre!

Quantos candidatos o sr. apoiou nessas eleições?

Apoiei 18 caras a vereador, 16 foram eleitos. Em Porto Alegre, quando cheguei para apoiar (José) Fortunati (prefeito eleito), estava empate técnico com a Manuela Dávila. Dei uma força, lá em Porto Alegre tem muito evangélico. Ele pediu: ‘Grava aqui para o TRE.’ Fiz um áudio e pus na porta da igreja. Não digo que ganhei mas ajudei a ganhar. O Ratinho Jr., conheço o pai dele, que me pediu ajuda. ‘Dá uma palavra para os evangélicos’. Em São Paulo, entrei aos 45 minutos, no dia 1º. Segunda de manhça, Serra me ligou para agradecer. Hoje (terça-feira, 9) estive com ele. No Rio, apoiei 25 candidatos a prefeito. Cinco perderam, 18 foram eleitos, e  dois estão no segundo turno. Podia ter apoiado 200 caras que vieram encher meu saco. Mas política é muito desgastante, ao botar minha cara, para muita gente, corro muito risco. Se um cara desses faz besteira, acabo chamuscado. Falei muito 'não'.

O Senhor considera que os evangélicos devem participar de forma ativa, como grupo político?
Como os evangélicos começaram a ser um segmento importante, o pessoal entende o seguinte: se ateu, marxista, filósofo, operário pode dar opinião, por que não posso dar? Falam tanto que somos fundamentalistas, retrógrados... O que não posso dizer é que a igreja apoia (determinado candidato). Isso não digo. Não suporto negócio de que a igreja apoia! Sou eu, que sou cidadão que apoio. Temos de nos fazer representar. Na Bíblia, Jesus não anulou a cidadania terrena.

Leia a entrevista na íntegra: AQUI

9 comentários:

Pastor Edinaldo Domingos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pr. Anselmo Melo disse...

Infelizmente essa é apenas mais uma prova de que o nosso povo (evangélicos) não passa de massa de manobra nas mãos de determinadas lideranças. Um povo que se desacostumou de pensar, ou melhor, prefere não pensar. Como alguém vai depositar seu voto levando-se em consideração o que outra pessoa acha ou deixa de achar? O apoio dessa pessoa leva em consideração quais interesses? Os seus ou os dos seus futuros representados? O Silas conhece os tais 16 caras eleitos para vereador?

Paulo Cézar de Lima disse...

O pastor Silas Malafaia é um homem de posição, tanto na igreja quanto na politica, sempre tem dado a cara para bater,apoiar esse ou aquele candidato para um pastor é um risco que corre, até porque quando estes vierem a cometer seus erros, logo a população se lembrará de quem os apoiou. não sei se é o caso, mas acredito que o pastor deve apoiar aqueles que ele conhece, que sabe que amanha não jogará seu nome na lama.

Paulo Cézar de Lima disse...

O pastor Silas Malafaia é um homem de posição, tanto na igreja quanto na politica, sempre tem dado a cara para bater,apoiar esse ou aquele candidato para um pastor é um risco que corre, até porque quando estes vierem a cometer seus erros, logo a população se lembrará de quem os apoiou. não sei se é o caso, mas acredito que o pastor deve apoiar aqueles que ele conhece, que sabe que amanha não jogará seu nome na lama.

Pastor Edinaldo Domingos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
uccrespo disse...

Meus pêsames, Igreja.

Ubirajara Crespo disse...

Meus pêsames a todos que se chamam pelo nome de evangélicos.
Vamos chorar e velar este cadáver.

Ubirajara Crespo

Pastor Edinaldo Domingos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pastor Edinaldo Domingos disse...

Amado Pr. Carlos Roberto, a Paz do Senhor.

O Pr. Silas Malafaia disse: "Eu nunca vou ser candidato a nada, pode anotar aí! Nada, nada, nada!"

Agora é muito difícil acreditar no que ele diz, pois também falou que não apoiaria nenhum candidato no 1º turno em SP, mas logo mudou de opinião, lançando um vídeo dizendo: "Eu falei pra imprensa que não pediria voto pra nenhum candidato no primeiro turno, mas a política é "Dinâmica" vou apoiar o Serra, logo no 1º turno." Então, existem grandes possibilidades de amanhã ele dizer que é candidato.

Não tenho nada contra Ele ser candidato, a constituição lhe dar o direito de votar e ser votado, porém como "Líder nacional consolidado," não convém essa postura.

Ele já vem de muito tempo com tal postura, pois ensinou veementemente contra "Falsa Prosperidade" que ensina a barganha, e depois mudou de lado e ensina com todas as forças que os crente são "trouxas" e "otários" se ofertarem ao senhor, somente como gratidão.

Um forte abraço.

Edinaldo Domingos
Pastor da Assembleia de Deus em Coronel João Pessoa - RN

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...