quarta-feira, 13 de novembro de 2013

STF decide pela prisão imediata dos réus do mensalão

Ex-Ministro José Dirceu

Decisão atinge a maioria dos condenados, dos quais pelo menos 15 já devem começar a cumprir pena. Entre eles estão José Dirceu, Roberto Jefferson e Marcos Valério

Após uma confusão entre os ministros, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (13) pela prisão imediata dos réus do mensalão nas penas em que não cabe mais recurso. A decisão atinge a maioria dos condenados, dos quais pelo menos 15 já devem começar a cumprir pena. Entre eles estão o ex-ministro José Dirceu, o deputado licenciado José Genoino, o publicitário Marcos Valério e o delator do mensalão, Roberto Jefferson. Na sessão de hoje, o Supremo negou o pedido de prisão domiciliar de Jefferson, que está com câncer.

José Dirceu recebe notícia da prisão em praia no sul da Bahia

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, cuja prisão foi decretada nesta quarta-feira (13) pelo Supremo Tribunal Federal, estava em uma praia no sul da Bahia, descansando, quando recebeu a notícia da decisão do supremo.
Até 21h desta quarta-feira os assessores de Dirceu não sabiam dizer quando ele voltaria a São Paulo para se apresentar à Polícia Federal. Dirceu viajou na segunda-feira, em avião particular, depois de acompanhar a votação e o início da apuração do Processo de Eleições Diretas (PED) do PT.
Ele desembarcou à noite no aeroporto de Ilhéus e foi para uma praia da região. A assessoria de Dirceu nao soube informar onde ele está mas, segundo fontes próximas, o local escolhido foi a península de Maraú. Policiais federais estarão a postos para executar o mandado de prisão a partir das 6h de quinta-feira.
Fonte: IG
MEU COMENTÁRIO
Em que pese a condenação de quem quer que seja, deva trazer satisfação individual ou coletiva, creio que a condenação dos réus do mensalão alivia um pouco a sensação de impunidade que existe no Brasil. O momento deve ser de consternação e seriedade para todos, mas principalmente de ALERTA para aqueles que apostam na impunidade sistêmica que reina no país. Essas condenações com as consequentes prisões, mostram que as coisas começam a mudar na Justiça brasileira.

2 comentários:

sillermo disse...

Para mim é motivo de muita tristeza a decretação da prisão desses homens.
Todos nós nos sentimos aliviados e de alguma maneira satisfeitos com a decisão, ainda que tardia, do STF. Porém me deixa triste o fato de que homens com um certo preparo cultural e homens públicos, pelo cargo que ocuparam no cenário nacional, terem que ser presos pelo mal que causaram à sociedade. Se vê ai que a cultura não faz o homem. Todos esses, e muitos outros, aproveitaram-se da oportunidade que tiveram para benefício próprio, fazendo que a população sofra. Realmente merecem a prisão e melhor seria que fosse perpétua.

Bernardo Jose disse...

pouco a sensação de impunidade que existe no Brasil. O momento deve ser de consternação e seriedade para todos, mas principalmente de ALERTA para aqueles que apostam na impunidade sistêmica que reina no país. Essas condenações com as consequentes prisões, mostram que as coisas começam a mudar na Justiça brasileira. Pr Carlos Roberto.

a Justiça não tarde e não falha. Jose Bernardo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...