sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Discurso irônico do Deputado Pr. Eurico (PSB-PE) "pede a prisão" de Joaquim Barbosa e demais ministros do STF



O deputado Pernambucano, Pastor Eurico, começou um discurso na tribuna da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (12) onde, de forma irônica, pediu a prisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), a começar pelo presidente da instituição, Joaquim Barbosa, pois, segundo ele, vários deputados estão invertendo a ordem das coisas ao exaltar e enaltecer os políticos que foram condenados e presos sob a acusação de participarem do mensalão.

Pastor Eurico justificou seu posicionamento dizendo que "os ministros estão parecendo agora os verdadeiros marginais deste País, os verdadeiros bandidos e criminosos, roubadores deste País. É isso que está parecendo que os Ministros são, porque são muitos os discursos que estão chegando neste plenário para dizer que eles agiram errado, que agiram arbitrariamente com nobres representantes do povo brasileiro, com pessoas que produziram para o Brasil. São bonitos os discursos, mas os buracos que estão aí, as falcatruas e roubos, toda população está sabendo", enfatizou o deputado.

Segundo o Pastor Eurico os membros do STF agiram com "coragem, enfrentaram todo o sistema e aplicaram o regime da lei. Deram oportunidade àqueles que estavam sendo acusados no mensalão para se defenderem. Esses acusados tiveramos melhores advogados ao seu lado. Tentaram de todas as formas, usaram todas as manobras judiciais para que não fossem condenados, mas não conseguiram vencer a verdadeira Justiça do Brasil" destacou o parlamentar pernambucano. 

Transparecendo estar incomodado com a postura de deputados que seguem defendendo os condenados pelo STF, Pastor Eurico ironizou dizendo que "se procede o que dizem, eu acho que vamos lutar aqui para pedir a prisão do Ministro Joaquim Barbosa, do Ministro Luiz Fux, da Ministra Rosa Weber, da Ministra Cármem Lúcia, do Ministro Gilmar Mendes, do Ministro Celo de Mello, do Ministro Marco Aurélio, do Ministro Ayres Britto, que é um decano, um homem que representa muito bem a dignidade deste País, e até do Ministro Cezar Peluso, que não está mais lá, mas tem que pedir a prisão dele também. Vamos trocar, pegar esses Ministros e leva para a Papuda e tira os que estão lá e deixa eles de fora, porque eles são inocentes, são competentes produtores do bem deste País, É isso que estão dizendo nesse plenário, Sr. Presidente", alfinetou o socialista

Para Eurico é uma "falta de respeito ao Brasil", uma "falta de consideração com os eleitores" a postura dos Deputadas e Deputados que estão defendendo "um grupo de pessoas que hoje são cidadãos brasileiros. Mas, de acordo com o julgamento do Supremo Tribunal que, de uma forma correta, julgou-os e os condenou, agora eles são, sim, pessoas dignas de estarem onde estão" desabafou o Pastor deputado.

Sobre os pedidos dos réus de obter benefícios enquanto estão cumprindo pena, o Pastor Eurico questionou: "Será que não há presos aí que já poderiam estar no regime semiaberto? Será que não há presos doentes nesse Brasil? E por que não se vem defendê-los aqui e, sim, defender esses que são tidos como heróis, por incrível que pareça?" lamentou o deputado que também vice-presidente da Frente Parlamentar Evangélica.

Demonstrando perplexidade diante dos fatos o deputado Eurico arrematou "Parece que estamos na contramão daquilo que é correto; parece que o errado é certo; parece que fazer as coisas erradas no Brasil transformam as pessoas em grandes heróis. E quero encerrar, dizendo que, de tudo o que muitos estão falando aqui, parece que os verdadeiros bandidos, os criminosos, são os Ministros, que tiveram coragem de enfrentar o sistema, de enfrentar tantos e tantos pedidos, ficar do lado da lei, ficar do lado do povo brasileiro."



O pernambucano concluiu seu discurso defendendo que os condenados sigam presos. "Cadeia para quem merece! Ninguém está preso injustamente. As injustiças estão sendo feitas neste plenário por alguns que transformam os nossos Ministros da Alta Corte nos bandidos tal qual aqueles outros que estão na prisão. Essa é uma falta de consideração à Suprema Corte deste País. Se isso procede, como disse, vamos lutar para pedir, então, a prisão dos Ministros e tirar da cadeia aqueles que foram julgados e condenados pelos seus delitos e estão pagando o que devem pagar. É isso que o Brasil foi às ruas cobrar. É isso que o povo brasileiro esperava" concluiu Pastor Eurico.

Um comentário:

PR MARCOS CRUZ disse...

Concordo com o Pr Eurico, se está é a concepção dos deputados que toma a tribuna para apoiar bandidos. Não será estranho quando um trabalhador for tido camo alguém que causa mau a sociedade e o bandido por cidadão de bem. Fizeram desse mesmo jeito com Cristo e tantos que foram depois dEle.
Muitos políticos brasileiros são , no sentido mais pleno da palavra, verdadeira VERGONHA.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...