terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Vaticano esclarece declarações atribuídas falsamente ao Papa Francisco que circulam na internet


Conforme publicamos no post anterior, caso houvesse negação do fato ou qualquer retratação, providenciaríamos imediatamente a publicação neste blog, conforme abaixo:
Em um discurso poderoso que está repercutindo em todo o mundo, o Papa Francisco declarou: 
Por meio da humildade, da introspecção e contemplação orante ganharam uma nova compreensão de certos dogmas. A igreja já não acredita em um inferno literal, onde as pessoas sofrem. Esta doutrina é incompatível com o amor infinito de Deus. Deus não é um juiz, mas um amigo e um amante da humanidade. Deus nos procura não para condenar, mas para abraçar. Como a história de Adão e Eva, nós vemos o inferno como um artifício literário. O inferno é só uma metáfora da alma exilada (ou isolada), que, como todas as almas em última análise, estão unidos no amor com Deus. Todas as religiões são verdadeiras, porque elas são verdadeiras nos corações de todos aqueles que acreditam neles. Que outro tipo existe realmente? No passado, a igreja a igreja considerava muitas coisas como pecado que hoje já não são julgadas dessa maneira. Como um pai amoroso, nunca condena seus filhos”.
Esse é o trecho principal de um texto que circula na internet desde o final do ano passado, sendo traduzido para muitas línguas e, obviamente, causando muita confusão. O material afirma que o papa o publicou, mas foi retirado do site do Vaticano, e que muito desse material foi debatido em uma reunião de teólogos católicos chamada de Terceiro Concílio Vaticano.
Obviamente, esse tipo de declaração chama atenção. Como ocorre normalmente, vários blogs e sites pequenos reproduziram a história e muita gente compartilhou nas redes sociais.
Preocupado com isso, o Vaticano emitiu um desmentido oficial em sua conta do Facebook em língua espanhola (facebook.com/news.va.es)

“Muitos de nossos leitores nos assinalam uma ‘notícia’ que circula na internet e nos perguntam se é verdadeira. Esta ‘notícia’, publicada em vários idiomas, diz que o Papa Francisco afirmou que a Bíblia está antiquada em muitas passagens como a ‘fábula de Adão e Eva’ ou o inferno, que todas as religiões são iguais, que Deus está mudando e evoluindo e a verdade religiosa também, e outras coisas semelhantes. Tudo isto o Papa teria afirmado no ‘Terceiro concílio vaticano II’.
Pela internet circulam milhares de histórias falsas, e às vezes é difícil saber de onde se originou a ‘notícia’ e se esta vem de uma fonte confiável ou não. Por isso, ante uma notícia referente ao Papa Francisco que nos pareça estranha, é bom questionar-nos e ir às fontes vaticanas para ver se também ali estas notas aparecem e com que palavras são escritas.
Por isso no que se refere ao Papa Francisco, se as palavras a ele atribuídas não aparecem nos meios oficiais vaticanos, é muito possível que sejam falsas…
Uma saudação muita cordial a todos e muito obrigado por sua atenção e suas sugestões”.

2 comentários:

Anônimo disse...

sou católica e admiro a atitude de vcs de terem publicado o desmentido

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Prezada comentarista anônima,

Grato pela sua honrosa visita neste singelo blog.
Saiba que nosso compromisso é com a verdade.
Lamento e repudio a atitude de quem inventa e calunia.
Volte sempre por aqui.

Saúde & Paz!

Pr. Carlos Roberto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...