quarta-feira, 25 de março de 2015

Presbiteriana americana (PCUSA) já perdeu 10.000 Igrejas por causa do casamento gay




Homossexualismo - Presbiteriana americana liberou casamento gay, mas perdeu 10.000 Igrejas


A IPB - Igreja Presbiteriana do Brasil publicou em seu site oficial, artigo do Rev. Augustus Nicodemus, Vice Presidente do Supremo Concílio da denominação, deixando clara a separação que existe entre Igreja Presbiteriana brasileira e a Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos (PCUSA).

O artigo versa sôbre o viés do liberalismo teológico assumido pela Igreja americana, bem como os passos que deram até chegar nesse ponto, trilhando pelo relativismo na crença da atualidade dos textos sagrados.

Em um dos trechos diz o autor:

"A decisão de aceitar casamento gay como sendo cristão é o resultado da fermentação de vários conceitos e pressupostos que ao longo do tempo foram lentamente sendo introduzidos na alma da denominação, formando irreversivelmente a sua maneira de pensar e de agir."

Augustus Nicodemus revela ainda que, a maioria da liderança é vencedora nessa questão, porém não contam com a unanimidade.

Veja o que ele diz:

"Existe uma brava minoria dentro da PCUSA que, de longa data, tem lutado contra a introdução desses conceitos. Agora, assiste com tristeza a derrota bater à sua porta. Desde que a PCUSA aceitou o homossexualismo, mais de 10.000 igrejas já saíram dela. Esta que já foi a maior denominação presbiteriana do mundo hoje está reduzida a 1,8 milhões de membros. E este número cai mais a cada ano."

Leia a matéria completa no site da IPB

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...