domingo, 24 de maio de 2015

Thalles Roberto, ‘dá um tempo’ no gospel e grava secular romântico


O cantor Thalles Roberto, deu um ‘tempo’ no gospel tradicional para gravar um cd com músicas românticas, que além de homenagear a sua esposa, serve também para ‘faturar $’ no mercado secular.
Após assinar contrato com a gravadora multinacional Universal Music, o cantor lançou o cd “As Canções Que Eu Canto Pra Ela”, onde tem musicas românticas que ele compôs para sua esposa, Daniela.
Em entrevista a UOL ele explica sobre o relacionamento com sua esposa dizendo que: 
Nós temos uma história muito bonita de infância, de amor. Viemos de realidades muito distantes. Ela era filha de médico e eu, de vidraceiro. Ela era loira e eu, negro”.
O resultado de seu novo cd tem agradado o cantor: “A recepção vem sendo muito positiva”, comemorou Thalles, que publicou uma série de vídeos explicando os detalhes de cada faixa.
Na mesma entrevista, Thalles deixou claro que "bebe na fonte da música secular" na hora de compor suas canções, tendo a influencia de artistas como, Milton Nascimento, Lô Borges, Beto Guedes, Djavan, entre outros.
Falar do amor à luz de Deus, sem pornografia, sem bunda, diz o cantor ao afirmar que essa é uma boa oportunidade de mesclar a música gospel com outros estilos musicais.
Sobre sua incursão em um mercado fora do meio evangélico, o cantor não nega que quer avançar fronteiras:
A cada dia que passa, os cantores gospel percebem que não podem ficar em uma garrafa. Eles precisam sair do nosso meio para levar a palavra. O público gospel não ouve música secular, mas eu posso levar outras pessoas a fazerem o caminho contrário”, teorizou.
Thalles Roberto com carreira secular, não é novidade para muitos, pois no ano passado ele já mostrava evidencias que pretendia expandir sua carreira para esse segmento, ao afirmar que não concordava em ser chamado de cantor religioso:
Sou evangélico, levo trechos da Bíblia para minhas letras, mas não concordo em ser chamado de cantor religioso. Minha música não é restrita para um público apenas. Quero atingir o maior número de pessoas possível”, afirmou.
Fonte: PADOM
Meu comentário:
Nada começa de repente. As coisas vão se misturando aos poucos, sacro e secular, santo e profano, tudo numa relativização total, até que tudo passa a ser possível e normal. O conselho paulino continua em voga:  "Aquele que milita a boa milícia, não se embaraça com as coisas desta vida, a fim de agradar aquele que o alistou para a obra". Simples assim, raso e objetivo, esse é o meu entendimento.



Um comentário:

MARIA SELMA DA SILVA Roch disse...

Podemos fazer uso deste ditado popular, que tem ficado cada vez mais popular nestes últimos dias: Um sujo falando do mal lavado ! A sua igreja tá cheia e inchada de crentes mundanos e amantes de futebol ! São tão descarados que não tem vergonha de usar a rádio para comentar sobre o mesmo ! nunca perdi meu tempo ouvindo esse thalles, que não tem nada de cristão, assim como os crentes da sua igreja que torcem por times de futebol, são tudo farinha do mesmo saco ! Amado não seja um "pastor tolerante com o pecado"!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...