sábado, 14 de maio de 2016

Pastor Lucinho gera críticas ao ensinar em vídeo jeito polêmico de evangelizar


O pastor Lucinho Barreto, da Igreja Lagoinha, está sendo criticado por ensinar cristãos a mentir e dizer que assim se faz a obra de Deus.
Sob o título “Loucura de Maio”, o pastor lançou um vídeo onde desafiava as pessoas a fazer uma “loucura” para evangelizar. Após combinar com um outro membro da mesma igreja, a pessoa deveria entrar em um ônibus ou metrô e fingir que não se conheciam.
O diácono Thiago Dearo, da Igreja Assembleia de Deus – Madureira de Novo Horizonte, lamentou o vídeo: “Infelizmente, Lucinho é um dos milhares de líderes cristãos que não tem mais a visão verdadeira do reino de Deus! Líderes estão mentindo para tentar agregar mais pessoas ao seu rebanho, se esquecendo ou fingindo que não sabe que o pai da mentira é o diabo”.
Já o pastor Renato Vargens, da Igreja Cristã da Aliança em Niterói, classificou o ensino de Lucinho como “antibíblico e errado”, destacando em um artigo em seu blog que “As Escrituras condenam a mentira. Existem inúmeras textos bíblicos que apontam para isso." E continua: “O que usa de fraude não habitará em minha casa; o que profere mentiras não estará firme perante os meus olhos”.
Confira abaixo o texto de Renato Vargens na íntegra.
1-) As Escrituras condenam a mentira.

Existem inúmeras textos bíblicos que apontam para isso. A Bíblia diz em Provérbios 12:22 “Os lábios mentirosos são abomináveis ao Senhor; mas os que praticam a verdade são o seu deleite.”  Em Salmos 101:7 a Bíblia ensina que  “O que usa de fraude não habitará em minha casa; o que profere mentiras não estará firme perante os meus olhos.” Também diz em Apocalipse 22:15 que  “Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras, e todo o que ama e pratica a mentira.”  Em 1 João 2:4  o apóstolo ensina que “Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade.”  Efésios 4.25, 29 afirma: “Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um mesmo corpo.”
Será que devemos dar um “jeitinho” em tudo para atingirmos os nossos objetivos? Será que para evangelizar torna-se necessário mentir?  Ora, claro que não. Entretanto, essa sociedade encontra-se tão adoecida, que práticas como esta, se entranharam em nossos hábitos e costumes, fazendo-nos achar que não existe nenhum mal em ludibriar alguém através de uma mentira.

Isto posto concluo:

Como cristãos somos desafiados a não vivermos segundo as regras deste sistema. De maneira alguma podemos permitir que tanto a mentira como o relativismo conduzam nossas vidas. Portanto, Lucinho ao incentivar a mentira peca contra as Escrituras ensinando conceitos que jamais seriam ensinados pelo Senhor de nossas almas.Poderia escrever outras razões e motivos, mas, penso que duas são suficientes para desmontar o relativismo de Lucinho.
Portanto, quer evangelizar? O faça, mas, por favor, pregue a verdade, somente a verdade! É o que penso, é o que digo! - Renato Vargens

ASSISTA O VÍDEO

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...