terça-feira, 14 de junho de 2016

Delator diz que campanha de Marina Silva teve caixa dois


O ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, está negociando sua delação premiada e já declarou aos procuradores que irá falar sobre um suposto caixa dois que, segundo ele, teria fornecido dinheiro para a campanha de Marina Silva à Presidência em 2010.
Pinheiro afirma que o pedido de caixa dois partia de representantes da ex-senadora, dando nome de Guilherme Leal, um dos donos da Natura.
Ao tomar conhecimento dessa declaração, noticiada na coluna de Lauro Jardim para o jornal “O Globo”, Marina Silva tratou de se defender e deixar claro que jamais utilizou caixa dois em suas campanhas.
A ex-senadora, que em 2010 tentou a Presidência pelo PV, afirmou em nota que nunca usou um valor que não tenha sido declarado para a Justiça Eleitoral. “Posso alegar que nunca usei um real sequer em minhas campanhas que não tivesse sido regularmente declarado”, disse.
Ainda no texto, Marina escreve que confia em Leal. “Guilherme Leal, que foi candidato a vice em minha chapa à Presidência em 2010, sempre foi fiel ao compromisso ético e à orientação política de que todos os recursos de financiamento da campanha teriam origem e uso inteiramente legais e não acredito que nenhum dirigente do PV possa ter usado meu nome sem ter me dado conhecimento, ainda mais para fins ilícitos”, afirmou.
Marina também pede para que o público confie no trabalho do Ministério Público e da Polícia Federal diante da grande quantidade de denúncias.
Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...