terça-feira, 20 de setembro de 2016

No Sudão do Sul, cristãos usam panos de saco para pedir perdão a Deus

Manifestação da igreja cristã no Sudão se baseia em passagens do Antigo Testamento

por Jarbas Aragão
O Sudão do Sul é a nação mais jovem do planeta. Surgida em 2011, após uma guerra étnica e religiosa que dizimou milhares de habitantes. Enquanto o Sudão é uma nação islâmica, o território agora independente ao sul reúne uma grande quantidade de cristãos.
Este mês, centenas desses cristãos se reuniram para pedir a Deus publicamente. Seguindo um preceito do Antigo Testamento, usavam pano de saco como vestimenta. Alguns escreveram a palavra “repent” [arrependa-se] para deixar clara sua intenção.
Liderados pelo pastor John Sebit Edward, do Centro Cristão de Avivamento, sua justificativa é que o profeta Jonas trouxe essa mensagem e com ela salvou milhares de pessoas da destruição. O objetivo da passeata, ocorrida na cidade de Yei, era pedir sabedoria e perdão pelos pecados.
Queremos levar nossa pátria diante da presença de Deus. Para isso vestimos panos de saco como símbolo de humildade, sabedoria e também arrependimento. Pedimos que Deus nos perdoe e nos ajude a desenvolver o país”, afirmou Edward.
Enquanto alguns usavam megafones, outros simplesmente repetiam em voz alta as orações. Eles traziam mensagem de paz e reconciliação. O país vive uma guerra civil entre grupos que defendem o presidente Salva Kiir e ex-vice-presidente Riek Machar.
Segundo a ONU, mais de dois milhões de sudaneses do sul foram forçados a sair de suas casas por causa dos conflitos. Milhares de pessoas, em especial crianças, estão morrendo de fome e de sede por causa dessa guerra.
Com informações Radio Tamazuj via Gospel Prime

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...