quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

PM entra em igreja evangélica para desligar o som



Em Guarapuava, no Paraná, policiais levaram cabo de som da Assembleia de Deus após reclamação de vizinhos

A Assembleia de Deus do bairro Boqueirão, em Guarapuava, Paraná, recebeu a visita inesperada de cerca de 10 policiais na manhã do domingo (5). Um vizinho havia ligado, reclamando do som alto durante os cultos.
Segundo ele, diversos pedidos foram feitos para que os evangélicos baixassem o volume da aparelhagem de som, mas sem sucesso. Quando acionou a polícia mais uma vez, perto do meio-dia, quatro viaturas foram deslocadas para o local. Os cerca de 10 policiais envolvidos na ação levaram os cabos de som da Igreja, embora no momento não houvesse barulho algum no local.
Um vídeo publicado nas redes sociais mostra o momento em que os policiais entraram no local.



Os responsáveis pela Assembleia de Deus relatam que esta não foi a primeira vez que a Polícia Militar vai até o templo. Dizem ainda que o casal de vizinhos que fez a denúncia persegue a igreja.
Como não houve acordo entre os envolvidos, todos foram parar no Fórum, onde foi elaborado um Termo Circunstanciado. Essa vizinha, que não teve o nome divulgado, trabalha no fórum da cidade e quando os envolvidos foram prestar depoimento, ela entrou na sala e auxiliou a policial que estava de serviço na redação. O fato chamou atenção dos líderes da igreja.
A Assembleia de Deus defende-se, lembrando que está no mesmo endereço há 60 anos e nunca teve problemas com os demais vizinhos e comunidade.

Além disso, afirma possuir um aparelho que mede os decibéis emitidos em suas reuniões.
Os membros reclamam que a polícia militar agiu de forma rude nas abordagens e deixou todos nervosos, especialmente as crianças presentes.
Fonte: CPAD News

MEU COMENTÁRIO:

Isso não alegra o meu coração de de maneira alguma, mas vejo sim como fruto da imprudência, não de qualquer caso isolado, mas de muitas igrejas. Somos sal da terra e luz do mundo, portanto não podemos fazer comparação com bares e casas de show.

As prefeituras e polícias que punam a todos, sem excessão, agora, em se tratando de uma casa de oração, devemos dar exemplo para o mundo.

Se porventura decidirmos emitir sons acima dos decibéis permitidos por lei, que façamos o tratamento acústico necessário, de forna a não ferirmos a lei, muito menos incomodar os vizinhos.

O texto "Tocai a buzina em Sião, perturbem-se todos os moradores da terra", se trata do conteúdo da mensagem, e não do seu volume em decibéis, portanto VIGIEMOS!

ATUALIZAÇÃO


A assessora que faz parte do Conselho Jurídico da Igreja, Rosangela Santos Virmond, entrou em contato com este blog, através de comentário via Facebook, e esclareceu que a PM chegou ao templo, quando o ensaio já havia sido encerrado e sem o devido mandato, portanto configurou-se abuso de autoridade dos policiais.

Agradeço o justo esclarecimento, devidamente publicado no mesmo post. Que as autoridades superiores tomem as devidas providências.



9 comentários:

Pb. José Roberto da Rocha disse...

Queria saber o pq dos nomes dos denunciantes serem omitidos? tá na cara que isto é perseguição sim! Não havia som ligado , era o conjunto de sopros que estavam ensaiando. Esta dita cuja trabalha no forum da cidade e se acha a rainha da cocada!reparem que foram mais de 10 Pms a serviço da dita cuja! Amados esperem o trabalhar de Deus! 3 coisas acontecem com quem persegue crentes: pode se converter,como aconteceu com Saulo,pode morrer como aconteceu com herodes ou desaparecer no ôco do mundo da noite pro dia! Quem viver verá!

COMIB BRASIL disse...

Prezados Irmãos

Só Lembrando aos amados O Artigo 5 da Constituição Federal
o Lugar de Culto é Inviolável e não vi falar de mandato judicial
para adentrar nas dependências da casa de oração citada acima , me faz lembrar
de uma frase " um erro não justifica outro", se por ventura a Igreja infligiu a Lei
que pague, mas no momento acho estranho de na hora que a policia chega na Igreja,
não há som ligado, de fato vejo abuso de poder por parte da policia
A Igreja deve tomar medidas quanto a isso, acionando a justiça.
Francisco Valmir - Recife - PE

COMIB BRASIL disse...

Prezados Irmãos

Só Lembrando aos amados O Artigo 5 da Constituição Federal
o Lugar de Culto é Inviolável e não vi falar de mandato judicial
para adentrar nas dependências da casa de oração citada acima , me faz lembrar
de uma frase " um erro não justifica outro", se por ventura a Igreja infligiu a Lei
que pague, mas no momento acho estranho de na hora que a policia chega na Igreja,
não há som ligado, de fato vejo abuso de poder por parte da policia
A Igreja deve tomar medidas quanto a isso, acionando a justiça.
Francisco Valmir - Recife - PE

COMIB BRASIL disse...

Prezados Irmãos

Só Lembrando aos amados O Artigo 5 da Constituição Federal
o Lugar de Culto é Inviolável e não vi falar de mandato judicial
para adentrar nas dependências da casa de oração citada acima , me faz lembrar
de uma frase " um erro não justifica outro", se por ventura a Igreja infligiu a Lei
que pague, mas no momento acho estranho de na hora que a policia chega na Igreja,
não há som ligado, de fato vejo abuso de poder por parte da policia
A Igreja deve tomar medidas quanto a isso, acionando a justiça.
Francisco Valmir - Recife - PE

COMIB BRASIL disse...

Prezados Irmãos

Só Lembrando aos amados O Artigo 5 da Constituição Federal
o Lugar de Culto é Inviolável e não vi falar de mandato judicial
para adentrar nas dependências da casa de oração citada acima , me faz lembrar
de uma frase " um erro não justifica outro", se por ventura a Igreja infligiu a Lei
que pague, mas no momento acho estranho de na hora que a policia chega na Igreja,
não há som ligado, de fato vejo abuso de poder por parte da policia
A Igreja deve tomar medidas quanto a isso, acionando a justiça.
Francisco Valmir - Recife - PE

COMIB BRASIL disse...

Prezados Irmãos
Só Lembrando aos amados O Artigo 5 da Constituição Federal
o Lugar de Culto é Inviolável e não vi falar de mandato judicial
para adentrar nas dependências da casa de oração citada acima , me faz lembrar
de uma frase " um erro não justifica outro", se por ventura a Igreja infligiu a Lei
que pague, mas no momento acho estranho de na hora que a policia chega na Igreja,
não há som ligado, de fato vejo abuso de poder por parte da policia
A Igreja deve tomar medidas quanto a isso, acionando a justiça.
Francisco Valmir - Recife - PE

COMIB BRASIL disse...

Prezados Irmãos

Só Lembrando aos amados O Artigo 5 da Constituição Federal o Lugar de Culto é Inviolável e não vi falar de mandato judicial para adentrar nas dependências da casa de oração citada acima , me faz lembrar de uma frase " um erro não justifica outro", se por ventura a Igreja infligiu a Lei que pague, mas no momento acho estranho de na hora que a policia chega na Igreja, não há som ligado, de fato vejo abuso de poder por parte da policia A Igreja deve tomar medidas quanto a isso, acionando a justiça. Francisco Valmir - Recife - PE

Anônimo disse...

Prezados Irmãos

Só Lembrando aos amados O Artigo 5 da Constituição Federal
o Lugar de Culto é Inviolável e não vi falar de mandato judicial
para adentrar nas dependências da casa de oração citada acima , me faz lembrar
de uma frase " um erro não justifica outro", se por ventura a Igreja infligiu a Lei
que pague, mas no momento acho estranho de na hora que a policia chega na Igreja,
não há som ligado, de fato vejo abuso de poder por parte da policia
A Igreja deve tomar medidas quanto a isso, acionando a justiça.
Francisco Valmir - Recife - PE

matt disse...

Eu quero compartilhar este testemunho maravilhoso para as pessoas que estão no mesmo problema que eu era antes que eu quis dizer Dr. Ben. Eu estava vivendo com HIV durante os últimos 2 anos, apenas no mês passado, enquanto eu estava navegando na internet sobre esta doença mortal, eu vi um depoimento de alguém chamado Edwards Simone, testemunhando de como ela foi curada de HIV pelo Grande Dr Ben e eu Decidiu também e-mail este homem e dizer-lhe sobre o meu problema e como eu fiz isso, ele me disse para enviar-lhe alguns dos meus dados pessoais que eu fiz e ele me preparou uma parte que eu tomei e, em seguida, ele me disse para esperar por um semana. Depois de uma semana ele me disse para ir para outro teste de HIV, o que eu fiz e para o meu maior suprimir i foi confirmado negativo. Todos os agradecimentos sejam ao Dr. Ben e se você sabe que você está neste mesmo problema ou a outra doença mortal envia-o por correio electrónico agora em (drbenharbalhome@gmail.com) ou contata-o agora no whatsaap: +22893464014. Você pode me pegar no e-mail: soniastevens1995@gmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...