quarta-feira, 26 de abril de 2017

MP/SC quer explicações sobre repasse de R$ 400 mil do governo aos Gideões

Secretaria estadual de Turismo destinou verba pública para a realização do congresso missionário em Camboriú


O Ministério Público de Santa Catarina exige que a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte comprove como será utilizada a verba de R$ 400 mil enviada pelo Governo do Estado para o Congresso de Gideões, que começou neste fim de semana em Camboriú.
A procuradora-geral adjunta, Cibelly Farias, requereu cópias de todos os documentos apresentados pela Associação Rádio Paz do Valle FM, organizadora do evento.
Se contabilizado o recurso do município — que não é repassado diretamente à organização, mas investido pela própria prefeitura em infraestrutura — o evento evangélico recebeu cerca de R$ 720 mil de dinheiro público.
O congresso, ligado à igreja Assembleia de Deus, é realizado anualmente, sendo considerado o maior da América Latina.
No ano passado a procuradora Cibelly Farias recomendou que o Estado e o município não fizessem repasses, por que o edital de liberação não especificava como seria aplicada a verba.
O MP explicou que deseja garantir que o dinheiro seja usado somente em infraestrutura turística, uma vez que o argumento do Estado e da prefeitura é que o evento atrai turistas.
Caso entenda que a destinação do dinheiro não cumpre as regras, a procuradora poderá recomendar o não pagamento.
Com informações Clic RBS via Gospel Prime

Um comentário:

Pb. José Roberto da Rocha disse...

É bem verdade que lguns lideres estão deixando a desejar e principalmente no meio deste Gidões, se não fosse assim,com certeza o MP,não estaria tão preocupado com isto! Muitos pastores são amantes do seu ventre, e não era para ser assim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...