segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Fake News - Cuidado com a onda de notícias falsas na Internet


Para quem gosta e costuma navegar na internet em busca de notícias, principalmente aquelas "bombásticas", todo cuidado é pouco.

A onda do "FAKE NEWS" está em alta, onde se inventa qualquer coisa que possa viralizar na grande rede. A vida de muitas pessoas tem sido arruinadas, principalmente quando de trata de personalidades de qualquer seguimento da sociedade.

No mundo político em especial, essa onda tem gerado situações desagradáveis e porque não dizer com danos morais e financeiros, e até mesmo tem alterado resultados de eleições em potências mundiais.

Após uma notícia falsa ser veiculada e com milhares de compartilhamentos, é muito difícil a reversão do fato, sem que deixe suas consequentes sequelas, sem contar que em algumas situações o fato fica mesmo irreversível.

As motivações para as notícias falsas são diversas, as quais vão desde a irresponsabilidade, o prazer com prejuízo alheio, vingança e, até mesmo por interesse financeiro.

Recentemente um Programa da Globo News investigou o assunto em várias partes do mundo, como Nova Iorque, Londres, Rússia, chegando à Macedônia, onde jovens se especializaram em criar sites de Fake News para ironizar e ganharem muito dinheiro com as eleições dos EUA.

Um dos entrevistados foi claro ao ironizar e chamar os americanos de "inocentes" e fáceis de serem ludibriados com notícias falsas.

Os autores descobriam que tipo de notícia os americanos gostariam de ler, produziam tais informações em sites falsos e sem procedência, os americanos saiam compartilhando sem qualquer checagem, viralizando assim o link, o que gerava muito cliques para os anunciantes, trazendo assim muito lucro financeiro para os donos desses sites.

Um dos entrevistados chegou a dizer que pelo dinheiro arrecadado tinha o apoio de seus familiares, os quais não se importavam como conseguia ganhar esse dinheiro, cujo valor já era o suficiente cursar jornalismo na Europa e montar sua própria empresa de comunicação. Disse ainda que era o único que tinha coragem de se expor, porém, a grande maioria deles, sediados na cidade de Veles na Macedônia, com temor de perseguições e represálias, preferem ficar no anonimato.

Portanto, toda notícia absurda, verifique a origem da fonte e do site que a publicou originalmente, checando a veracidade dos fatos, antes de reverberar e compartilhar pelas redes sociais. É uma questão de responsabilidade cidadã e também de princípios cristãos.

ASSISTA MAIS SOBRE FAKE NEWS AQUI




Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...