segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Marina Silva: “Jamais aceitaria ser ministra do Bolsonaro”

Ex-candidata à Presidência, Marina Silva classificou o novo governo como sinal de retrocesso

Derrotada ainda no primeiro turno das eleições presidenciais, a ex-candidata Marina Silva mostrou-se contrária a Jair Bolsonaro na segunda fase do processo eleitoral. Em entrevista ao jornal O Tempo, nesta segunda-feira (5), a líder da Rede Sustentabilidade criticou o atual presidente.
O governo Bolsonaro sinaliza muitos retrocessos. Na minha área por exemplo, meio ambiente, é um retrocesso enorme. Eu jamais aceitaria ser ministra do Bolsonaro. Eu disse no segundo turno que seria oposição a quem quer que fosse o eleito. Aliás, esse governo vai precisar de oposição, a melhor forma de ajudá-lo é fazendo uma oposição democrática, mostrando os equívocos e os erros – declarou Marina.
Questionada sobre uma possível tentativa de voltar ao cenário político nas eleições de 2020, Marina limitou-se a dizer que o momento agora é de “pensar no Brasil”.
É momento de pensar no Brasil, de se colocar junto à sociedade para defender a proteção da Amazônia, do Pantanal, das comunidades indígenas, da democracia e da liberdade de expressão.
Fonte: Pleno News

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...