domingo, 7 de fevereiro de 2021

CNBB inclui ideologia de gênero e LGBT na Campanha da Fraternidade


Em texto-base da campanha de 2021, entidade inclui temáticas e expressões próprios da narrativa esquerdista e anticristã.


A Confederação Nacional de Bispos do Brasil (CNBB) incluiu no texto-base da Campanha da Fraternidade de 2021 o “movimento LGBTQI+” e as “questões de gênero”.

Com o tema “Cristo é a nossa paz: o que era dividido fez uma unidade”, a CNBB adere na Campanha deste ano a narrativa de grupos esquerdistas e anticristãos.

No texto-base deste ano, na página 33, item 68, a CNBB utiliza termos utilizados pela militância de esquerda, como “discurso de ódio”, “fundamentalismo religioso”, “vozes contra o reconhecimento dos direitos” e o principal, um trecho dedicado exclusivamente ao chamado “movimento LGBTQ+”. 

A CNBB utilizou dados da associação “Grupo Gay da Bahia” apresentados no Atlas da Violência 2020, no ano de 2018, para falar sobre homicídios de homossexuais no país.

De acordo com os bispos, “estes homicídios são efeitos do discurso de ódio, do fundamentalismo religioso, de vozes contra o reconhecimento dos direitos das populações LGBTQI+ e de outros grupos perseguidos e vulneráveis.”

Fonte: JM Notícia

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...