quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Deputado do PSOL provoca revolta ao dizer que ‘presidente está para morrer’


Em entrevista à TV Câmara, o deputado federal Edmilson Rodrigues (PSOL/PA) fez um comentário maldoso sobre o estado de saúde do presidente Jair Bolsonaro.
Ao ser questionado sobre a estratégia do governo em relação à reforma da Previdência e do projeto de lei Anticrime, apresentado pelo ministro Sérgio Moro, o parlamentar provocou:
Acho que o governo deveria definir sua estratégia, mas não se entende. O presidente está para morrer, mas a sua assessoria mais direta praticamente o obrigou a reassumir o cargo porque ele não tem confiança no vice.
Na sequencia, fez questão de salientar que seu partido tentará inviabilizar qualquer projeto do governo Bolsonaro.
O deputado psolista pronunciou-se dessa forma, mesmo sem nenhuma informação por parte do Hospital Albert Einsten, onde o presidente se recupera da cirurgia, que indique que ele corra risco de morte.
Espalhada pelas redes sociais, a declaração do psolista em relação ao presidente  da república gerou inúmeras críticas.
Alguns internautas chegaram a relembrar que Adélio Bispo, que esfaqueou Bolsonaro durante a campanha, também foi filiado ao PSOL.
ASSISTA AQUI

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...