domingo, 29 de dezembro de 2019

Bruxo se entrega a Jesus após desafiar presidiário convertido: "Deus me renovou”


Atualmente, Wesley Pereira lidera uma igreja e está completando um ano de ministério.


O novo DVD de Thalles Roberto "Saudade" está reunindo impactantes testemunhos que envolvem suas canções nas transformações de vidas das pessoas. Na última terça-feira, o cantor publicou um vídeo no qual o ex-bruxo Wesley Pereira contou um pouco de seu testemunho.

Na sala de sua casa, Wesley recebeu o cantor e compartilhou sua história, que em parte foi contada em muitos jornais do Brasil. Ainda quando era vocalista de uma banda de forró da Bahia, conhecida como "Bonde da Tarraxinha", o então bruxo foi preso por ter cometido homicídios e assaltos.

"Eu sou um ex-presidiário, ex-bruxo, fiquei 10 anos no satanismo, fui o primeiro canibal do sistema carcerário. Comia olho, orelha, coração. Era um homicida nato, me tornei um psicopata frio, calculista. Premeditava e calculava detalhes do homicídio e consumava o que eu queria fazer", contou.

"Fui preso por homicídio, por assalto e dentro da prisão, eu sofri muito. Mas continuei, não parei com as ações que eu estava praticando aqui sobre homicídio e executei algumas vidas também", acrescentou.

Já na entrada de sua cela, a "saudação" deixava bem claro qual era a atmosfera que imperava naquele local.

"Dentro da minha cela estava escrito: 'Seja bem-vindo à casa de Lúcifer, eu sou o Satanás'. Depois de muitos anos eu passei por quase todos os presídios e penitenciárias de Minas Gerais. Não me suportaram, eu fugi, fui para São Paulo e fui preso de novo lá, em Botucatu, também fugi. Fui para o estado da Bahia, foragido, recapturado, preso de novo, depois também fugi", explicou.

Enquanto isso, sua esposa, convertida ao Evangelho, orava por sua vida, mas Wesley rejeitava a devoção dela.

"De tanto eu fugir, a minha esposa sempre orava [por mim], fazia voto na igreja, dando o dízimo. Mas eu falava que ela estava me traindo, a proibia de ir à igreja. Os pastores para mim eram todos sem vergonha. Eu não gostava, tinha nojo de crente. Não adiantava vir falar de Deus para mim. Jesus para mim era um pilantra. Todo mundo para mim era safado. O Homem era eu”, contou.

Chegou um momento que os sistemas carcerários tinham dificuldade de encaixar Wesley em suas celas. Em cada presídio novo que o recebia, as pessoas já comentavam: "O demônio chegou".
O desafio

Mas Wesley conta que em 2014 ele foi surpreendido por Deus. Ao ser transferido para mais um presídio, ele conheceu Jonathas Pala, um rapaz que havia sido preso por homicídio, mas acabou se convertendo ao cristianismo na cadeia.


Para a surpresa de Wesley, Jonathas chegou a ter o então bruxo como um ídolo, mas agora tinha um outro olhar sobre o preso recém-chegado.

Após 10 dias que Wesley estava naquela cadeia, Jonathas pediu para ser transferido para a mesma cela do bruxo e foi autorizado a fazê-lo.

"Eu só vim por uma coisa: cresci te assistindo, sou seu fã, mas eu descobri que você não vale nada", disse Jonathas a Wesley. "Mas a parada é a seguinte: eu aceitei Jesus".

O bruxo ficou revoltado com aquela declaração e fez um desafio ao novo colega de cela.

"Você tem 10 dias para me ganhar para esse pilantra aí [Jesus]. Mas se em 10 dias tu não me ganhar, vai fazer o pacto de sangue e servir a Satanás comigo".
A resposta de Jonathas deixou Wesley ainda mais surpreso.

"O Deus que eu conheci aqui nunca perdeu uma guerra e Ele tem pressa", disse o rapaz.

Antes mesmo de se encerrar o prazo, Jonathas já havia cumprido seu propósito com Wesley. Bastaram seis dias de orações intensas e clamores do rapaz para que Wesley se sentisse completamente tomado pelo Espírito Santo.

"No sexto dia eu já não estava aguentando mais", disse Wesley. "Eu comecei a tremer. Esse cara passou a madrugada toda falando com Deus".

Então, Wesley se rendeu a Jesus e desistiu da vida que vinha levando até então, jogando fora todas as drogas e cigarros que tinha em sua cela, além de dizer a Satanás que deixaria de servi-lo.

Fonte: Guiame

Confira o testemunho completo no vídeo abaixo.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...