quarta-feira, 1 de abril de 2020

Ex-muçulmana que era espancada pelo marido se torna pastora e conquista 1.500 almas

O testemunho de vida da ex-muçulmana Annahita Parsan é digno de se tornar um filme de Hollywood, não meramente pelo drama que ela vivenciou ao longo dos anos, mas principalmente por sua capacidade de superação, resistência e fé baseada no Evangelho de Jesus Cristo.
Autora do livro "Stranger No More" ("Não Mais Uma Estranha"), Parsan revelou detalhes da sua vida, especialmente quando ela se casou pela segunda vez, após perder o primeiro marido, morto em um acidente.
Parsan terminou se casando com um homem extremamente violento, o qual lhe agrediu diversas vezes, inclusive lhe espancando com um pá de construção. "Não é tão fácil falar sobre isso", disse ela, segundo informações da CBN News.
Uma das filhas de Parsan, chamada Roksana, lembrou do que a mãe passou e de como ela precisou ser forte para garantir o seu sustento. "Ela estava se esforçando para sobreviver por nós, apenas sobreviver para dar uma vida melhor para nós", disse ela.
Roksana acredita que a motivação da sua mãe em sustentar os filhos pode ter sido um escape orientado divinamente. "Talvez isso fosse algo que Deus havia implantado nela para que ela tivesse algo em que se apoiar", afirmou a filha.
Parsan e seu marido resolveram fugir do Irã através das montanhas para a Turquia em 1984. Após uma série de percalços, incluindo uma prisão na Turquia, eles foram parar na Suécia, onde o casal se divorciou.
A então muçulmana visitou uma igreja evangélica e decidiu entregar a sua vida a Cristo, juntamente com a sua filha. Parsan se dedicou aos estudos teológicos e virou pastora, liderando um trabalho evangelístico que já alcançou cerca de 1.500 muçulmanos para Cristo.
Ao se referir ao livro de Jeremias, capítulo 49, versículo 39, que diz: "Mas nos últimos dias restaurarei a sorte de Elam, declara o Senhor", Parsan acredita que mensagem é uma profecia a respeito do seu povo.
"Isso fala sobre Elam e Elam é persa, e quando li, entendi que isso é sobre nós. É sobre toda a vida deles e é incrível. Deus disse a Jeremias naquele momento e está acontecendo agora", afirmou a mulher.
Hoje a ex-muçulmana enxerga o sofrimento do seu passado com outro entendimento. "Deus me amou e Ele estava na minha vida desde o começo", disse ela, ressaltando que ao pensar por tudo oque já passou acredita "que tudo isso é lindo".
Fonte: Gospel+

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...