segunda-feira, 12 de outubro de 2020

Débora Miranda entra novamente na justiça para descobrir IP de críticos da "Igreja Deus é Amor" - IPDA

A cantora evangélica Débora Miranda, vice-presidente da Igreja Pentecostal Deus é Amor (IPDA), entrou na justiça para obrigar a Google do Brasil a revelar o endereço IP do proprietário do canal do Youtube “Evangelizando com a Verdade”.

O processo que começou a tramitar na justiça paulista em Julho desse ano, ainda estipula multa à gigante americana caso não seja removido também um vídeo em que o Pastor Rodrigo Sant’Anna chama mulheres evangélicas de prostitutas mas que foi associado à IPDA pelo canal “Evangelizando com a Verdade”.

A justiça estipulou uma multa diária de R$ 1 mil a R$ 25 mil reais caso o conteúdo não fosse removido.

Dedicado acusar a Igreja Deus é Amor de ser por exemplo a “Sinagoga de Satanás”, o “Evangelizando com a Verdade” tem cerca de 6 mil inscritos e publica semanalmente há 9 meses vídeos em que a família Miranda é criticada por permitir o “mundanismo entrar na Deus é Amor” e afastar a denominação dos ensinamentos do falecido fundador da denominação, David Martins Miranda.

O canal faz criticas constantes à cantora Debora Miranda, mostrando sua imagem e afrontando a vice-presidente deusamorense. “Não tenho medo de você, a igreja não é sua, toma vergonha na sua cara, se converta”, diz a capa de um dos vídeos em que Débora aparece.

Na petição à justiça, a cantora pentecostal, alega que sua honra foi ofendida e solicita que o Google divulgue o IP dos réus, para saber a identidade deles e responsabilizá-los na esfera civil e criminal.

Não é a primeira vez que Débora abre fogo contra críticos na internet, em 2017, processou o Google e o Facebook para derrubar o canal do Youtube “O Falso Evangelho”. Após o processo, o canal foi banido das Redes Sociais e desde então não voltou a publicar vídeos.

Até o fechamento dessa matéria, o canal ainda estava no ar, porém o Google já removeu os vídeos solicitados pela cantora deusamorense.

Fonte: Rede Pentecostal

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...