sábado, 21 de maio de 2016

Datena diz que é perseguido por acreditar em Deus


Em 2010 o apresentador Datena foi processado por ligar um crime brutal ao ateismo

Um dos mais conhecidos apresentadores de TV do Brasil, José Luiz Datena, usou seu programa “Brasil Urgente”, na Band, para reclamar de perseguição por conta da sua crença em Deus.
Sem dar maiores detalhes, o jornalista desabafou dizendo: “Eu sou perseguido só por acreditar em Deus”.
Em 2010 Datena foi processado por ter afirmado durante o programa que o autor de um fuzilamento era uma pessoa que não acreditava em Deus.
O sujeito que é ateu, na minha modesta opinião, não tem limites, é por isso que a gente vê esses crimes aí”, afirmou o jornalista depois de mostrar a reportagem.
É por isso que o mundo está essa porcaria. Guerra, peste, fome e tudo mais, entendeu? São os caras do mal. Se bem que tem ateu que não é do mal, mas, é… o sujeito que não respeita os limites de Deus, é porque não sei, não respeita limite nenhum.
Ao que parece, depois desse episódio o jornalista passou a ser atacado e nessa semana ele resolveu reclamar e dizer que tem sido perseguido.
Datena aproveitou para citar o processo de 2010 e deixou claro que respeita os ateus.
Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...