terça-feira, 26 de maio de 2020

TV cristã é multada por vincular coronavírus a tecnologias 5G


O Ofcom (Office of Communications), o escritório governamental encarregado de regular empresas de comunicações no Reino Unido, sancionou a LoveWorld Television Network por espalhar teorias de conspiração relacionadas à expansão da pandemia de coronavírus.
De acordo com o site de notícias britânico Premier Christian News, o LoveWorld foi multado pelo escritório regulador de comunicações do Reino Unido, Ofcom, por transmitir "declarações potencialmente prejudiciais sobre a pandemia de coronavírus" em um programa intitulado "Por que o 5G está vinculado ao Covid-19?" .
De acordo com um documento de 28 páginas emitido pela Ofcom, o repórter disse: "Estamos testemunhando o maior encobrimento global da história. O impacto dos seres humanos com base no avanço tecnológico. Isto não é coronavírus, mas envenenamento celular. Lembre-se de que o 5G começou na China". No mesmo programa, as palavras do fundador do LoveWorld, o pastor Chris Oyakhilome, foram citadas para apoiar essa ideia.
O órgão regulador do Reino Unido também investigou a promoção do medicamento hidroxicloroquina em outro programa desse canal de TV e a afirmação não comprovada de que ele cura o coronavírus.
Essa afirmação foi ecoada recentemente pelo presidente dos EUA, Donald Trump, durante uma conferência de imprensa em 18 de maio: "Você ficaria surpreso com quantas pessoas estão tomando, especialmente os trabalhadores da linha de frente, muitos, muitos estão tomando. Eu estou tomando".
A Ofcom diz que a liberdade de expressão legitima "as emissoras a questionar o pensamento dominante sobre uma crise global, as políticas públicas e a lógica por trás dela". No entanto, "ao fazê-lo, as emissoras (…) devem estar atentas ao potencial de danos significativos ao público relacionado à pandemia de Coronavírus, que podem incluir: alegações de saúde prejudiciais; orientação médica prejudicial ; e declarações enganosas sobre o vírus ou políticas públicas nele".

O relatório da Ofcom continua dizendo que "afirmações incontestadas e sem provas sobre como o coronavírus se espalhou" foram feitas pela LoveWorld , "lançando sérias dúvidas sobre a necessidade e eficácia do distanciamento social e outras medidas amplamente implementadas pelos governos, inclusive no Reino Unido, em resposta a orientação médica".
O regulador de comunicações do Reino Unido impôs uma "sanção à emissora", exigindo que ela "transmitisse declarações de nossas descobertas". Eles também consideram a possibilidade de "impor qualquer sanção adicional".
A LoveWorld Television Network é de propriedade da Christ Embassy, ​​uma igreja nigeriana sediada em Lagos, cidade localizada no sudoeste da Nigéria. A emissora possui dezenas de agências no Reino Unido e exibe seus programas via satélite em muitos outros países ao redor do mundo.
Folha Gospel com informações de Evangelical Focus

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...