domingo, 8 de abril de 2018

Conheça missionários destemidos que desertaram da Coréia do Norte para retornar com o evangelho de Cristo


A Coréia do Norte é conhecida notadamente por suas restrições, regulamentações e limitações impostas aos seus cidadãos. Na Coréia do Norte, os cristãos enfrentam algumas das mais duras perseguições do mundo, mas isso não os impede de adorar, nem de tentar evangelizar.

De fato, missionários chineses se reúnem todos os dias ao longo da fronteira chinesa esperando por uma chance de compartilhar o evangelho com alguém. 

Independentemente da possibilidade de morte possam enfrentar, eles continuam a alinhar a fronteira a cada dia, na esperança de compartilhar o amor de Deus com alguém.

O Rev. Kim Kyou Ho, chefe da Rede de Pessoas Escolhidas na Coréia do Sul, afirmou que 10 missionários de fronteira morreram misteriosamente nos últimos dois anos.

Ele acredita piamente que a Coreia do Norte seja a culpada por cada uma dessas mortes. Eles também enfrentam oposição do lado chinês, já que centenas de missionários foram presos por aquele governo.

Para os norte-coreanos reunidos na PROVÍNCIA DO SUL DE JILIN, região fronteiriça do nordeste da China (AP) -  sob um crucifixo em um apartamento , ela é conhecida como "mãe". Ela os alimenta, dá a eles um lugar para ficar e, ocasionalmente, dinheiro.

Em troca, essa mulher coreana-chinesa de 69 anos pede que estudem a Bíblia, orem e cantem hinos. Seu objetivo mais ambicioso e potencialmente perigoso: ela quer que o mais confiável de seus convertidos retorne à Coreia do Norte e espalhe o cristianismo lá.

Oremos pelos nossos irmãos.

Com informações Charisma News

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...