segunda-feira, 22 de março de 2021

País de Gales aprova lei que introduz ATEÍSMO em todas as escolas, inclusive cristãs


Escolas cristãs serão obrigadas a adotar novo currículo após aprovação de lei, que deve vigorar a partir de 2022.

Enquanto grupos humanistas comemoram a introdução de aulas de ateísmo em todas as escolas no País de Gales, os cristãos expressão preocupação com a nova legislação.

O novo currículo de “Religião, Valores e Ética” (RVE) vai ensinar visões de mundo não religiosas ao lado do cristianismo e de outras crenças para as crianças galesas.

A lei aprovada obrigará o ensino do humanismo em pé de igualdade com as religiões, bem como a ampliação dos temas e conteúdos da educação sexual em todas as escolas, inclusive nas religiosas.

As disposições da Lei de Currículo e Avaliação, que se tornará lei depois de passar por todos os estágios de debate, equivalem a "transferir o direito dos pais de decidirem os melhores interesses de seus filhos sobre sexo e educação religiosa para o Estado", escreve Elizabeth Francis, uma oficial jurídica do grupo de direitos humanos Alliance Defending Freedom, do Reino Unido, em um artigo de opinião para The Conservative Woman.

Cosmovisões

O projeto de lei mudaria o termo “educação religiosa” para “religião, valores e ética” para que cosmovisões não religiosas possam ser ensinadas juntamente com o cristianismo e outras crenças religiosas. Também permitiria que humanistas fizessem parte dos órgãos que supervisionam e desenvolvem o currículo, de acordo com o Instituto Cristão.

Kathy Riddick, do grupo de lobby Humanistas do País de Gales, comentou: “Estamos absolutamente encantados que o Senedd [Senado galês] tenha aprovado esse projeto de lei e que, após muitos anos de campanha pelos humanistas do País de Gales, o humanismo será colocado em pé de igualdade com as religiões em todo o currículo”.

Uma proposta inicial incluía dar aos ateus o veto sobre qualquer ensino religioso nas escolas, mas a cláusula foi posteriormente retirada. No entanto, ainda “permite que um tempo desproporcional seja gasto estudando Humanismo ou ateísmo. Também revogou as principais salvaguardas sobre o ensino da educação sexual”, diz o Instituto Cristão.

O governo galês ignorou duas consultas públicas que se opunham claramente a essas mudanças”, disse o oficial do Instituto do País de Gales, Gareth Edwards.

No último censo, apenas 815 pessoas disseram que eram humanistas em todo o País de Gales. Por que eles receberam tal influência sobre o conteúdo do ensino religioso nas escolas?”, perguntou.

O Sr. Edwards acrescentou que “embora isso seja um revés, os cristãos ainda serão capazes de ter uma influência positiva nas escolas respondendo à consulta pública sobre o código RSE no devido tempo, e os pais também devem esperar ser consultados por suas escolas antes das mudanças”.

Direitos dos pais

Em seu artigo, Elizabeth Francis diz ainda que as mudanças deveriam preocupar os pais.

Ela diz que a legislação “corrói a longa história do Reino Unido de reconhecimento e defesa dos direitos dos pais na educação, tanto por meio da lei consuetudinária quanto da lei escrita”.

Particularmente quando se trata de tópicos delicados, o papel principal dos pais sempre foi respeitado, pois eles estão em melhor posição para determinar o que é apropriado para a idade para a origem, cultura e maturidade de desenvolvimento de seus filhos”, defende.

A nova disciplina entrar em vigor em 2022.

Fonte: Guiame

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...